Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/11/2004 12:57

Mais dois dias para vacinar bois no Planalto

Fernanda Mathias / Campo Grande News

O produtor tem mais dois dias para vacinar os bovinos no planalto de Mato Grosso do Sul, onde estão 21,4 milhões de um rebanho de 24,9 milhões, segundo a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal). Amanhã expira o prazo de imunização e 15 dias depois para entrega dos frascos. No Pantanal a vacinação contra febre aftosa vai até 15 de dezembro, com prazo para entrega de frascos vencendo sempre 15 dias depois. Dados do Sindan (Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para a Saúde Animal) apontam que Mato Grosso do Sul adquiriu esse ano cerca de 33,4 milhões de doses de vacina contra febre aftosa sendo 9 milhões só no mês
de novembro.
Além de entregar o frasco o produtor deve fazer o registro da vacinação, comprovante de aquisição de vacina (CT-13), e a nota fiscal, além dos frascos da vacina contra raiva. A expectativa da nova gerente de Defesa Sanitária Animal da Iagro, Gladys Moreira Espíndola Rachel, "é que pelo menos 95% dos 24,9 milhões de animais sejam imunizados em todo Estado". Para os pecuaristas que deixarem de vacinar a
dor de cabeça será um pouquinho maior.
O produtor terá que desembolsar R$ 52,5 por animal, valor 150% mais caro que na fase passada. Propriedades localizadas nos municípios de Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Paranhos e Setes Quedas, que tiveram a vacinação antecipada por motivo de prevenção - estar localizadas na região de fronteira com o Paraguai - estão sendo reforçadas para serem concluídas a tempo. Nessa região cerca de 400 mil animais devem ser imunizados.
O diretor-presidente do Iagro, Gete Ottaño da Rosa, a preocupação com a fronteira é um dos pontos fundamentais para prevenir a entrada da doença no Estado. Ainda segundo Gete uma das saídas estaria na vacinação do rebanho paraguaio por uma equipe brasileira chegando até a indenizar os produtores que sacrificam animais contaminados naquele país. A idéia é estimular a notificação de casos no País vizinho. Dúvidas podem ser esclarecidas no disque-aftosa 0800-679120.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)