Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/09/2008 23:09

Mais de mil pessoas pedem para trocar de operadora

Sabrina Craide /ABr

Brasília - No primeiro dia de vigência da portabilidade numérica, que permite a troca de operadora sem mudança do número do telefone, foram registrados 1.028 pedidos de migração entre prestadoras. De acordo com a ABR Telecom, empresa que administra o processo entre as operadoras, Goiás foi o estado com maior número de pedidos, com 357 solicitações. A primeira solicitação foi registrada no Espírito Santo.


Segundo previsões da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), 11,3 milhões de usuários de telefonia fixa e celular do Brasil devem pedir para trocar de operadora sem precisar mudar o número do telefone no primeiro ano de vigência da portabilidade numérica - 6,4% do total de consumidores brasileiros.

De acordo com as operadoras, o início da portabilidade ocorreu com normalidade nas oito regiões contempladas na primeira fase de implantação do sistema. As prestadoras não forneceram números, mas afirmaram que nenhum problema foi registrado.

Segundo a assessoria de imprensa da Claro, o primeiro dia do novo sistema resultou em um saldo positivo para a empresa e não foi constatada nenhuma dificuldade que impedisse os usuários de levar seu número para a Claro ou o contrário, apenas “pequenos ajustes técnicos naturais no período de implantação”. A Claro não está cobrando para disponibilizar o sistema.

A Oi também informa que começou a oferecer a portabilidade hoje “com êxito” a seus clientes. De acordo com a assessoria da prestadora, a portabilidade está sendo oferecida sem custo ao consumidor. A Oi diz que investiu R$ 400 milhões para implantar a portabilidade.

A Vivo informa que ainda não tem os primeiros números, mas que o sistema operou normalmente no primeiro dia. O serviço não será cobrado pela operadora.

A GVT também não fez um balanço do primeiro dia, mas diz que está preparada para a estréia da portabilidade numérica, que será oferecida sem custo. O investimento realizado pela operadora foi de R$ 17 milhões.

A TIM informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que está recebendo os pedidos de portabilidade e vai se manifestar oportunamente sobre o andamento da implantação do sistema. A prestadora diz que não vai cobrar pelo serviço nos próximos 30 dias.

A Brasil Telecom, que atua em 10 estados brasileiros, ainda não decidiu se irá cobrar dos clientes que vierem de outras operadoras para manter o número do telefone.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)