Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/12/2008 13:05

Mais de 90% da produção de MS saem por rodovias

Fernanda Mathias/Campo Grande News

Pesquisa divulgada nesta manhã pela Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) aponta que 92% das indústrias do Estado usam as rodovias, escoando 96% de sua produção. O custo desta modalidade, pouco competitivo com o transporte ferroviário e aquaviário, é motivo de reclamação para 30,21% dos empresários ouvidos.

Depois do alto valor do frete, os problemas que se seguem são as más condições das estradas e rodovias e, por último, o tempo elevado gasto com o transporte da carga até o destino final.

Quanto ao transporte ferroviário, somente 1% das empresas pesquisadas o utiliza e a média de utilização é de 25%. Já o transporte aquaviário, que engloba o fluvial e o marítimo, é utilizado por 6% das empresas pesquisadas e a média de utilização é de 43,5%, sendo que somente no caso do transporte aéreo 11% das empresas declaram que o utilizam, porém, a média de utilização é de 24,82%. Apenas 7% das empresas pesquisadas usam o meio aéreo para exportação.

A maior dificuldade na utilização de terminais aeroportuários para o transporte de cargas no Estado apontada pelas indústrias na pesquisa é o alto custo das tarifas aéreas. Também aparecem as outras dificuldades como tipo de produto inviável para o transporte aéreo, impostos, volume de carga excessiva, empresas não flexíveis. Além disso, as empresas entrevistadas desconhecem a estrutura existente no aeroporto da Capital e dificuldades técnicas.

Amostragem – A pesquisa consultou empresários de 95 indústrias distribuídas em 16 municípios de Mato Grosso do Sul e leva o nome de “Levantamento de Estrutura para Escoamento da Produção”.

Das indústrias consultadas, 65 são de Campo Grande (68,42%) e outras 30 de 15 municípios do interior. A maior concentração de empresas pesquisadas está nas atividades de indústrias de alimentos, indústria metalúrgica, indústria de máquinas e equipamentos, indústria de produtos químicos e fabricação e beneficiamento de madeira e móveis.

Apenas 23,91% das empresas que responderam a pesquisa vendem seus produtos para outro País e 56,52% vendem seus produtos em Mato Grosso do Sul e para outros Estados do Brasil, enquanto os 19,57% restantes fazem somente vendas locais. Entre as empresas pesquisadas, 92% utilizam o transporte rodoviário e a média de utilização para as cargas é de 96,10%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)