Cassilândia, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

Últimas Notícias

22/04/2016 11:30

Mais de 100 gestantes são confirmadas com virus Zika em MS

Midiamax

Mato Grosso do Sul confirmou 109 casos de gestantes infectadas pelo vírus da zika, sendo que 81,65% desse número corresponde a mulheres de Campo Grande. Segundo o boletim epidemiológico, divulgado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde) nesta quarta-feira (20), outras 309 grávidas estão sendo monitoradas para o vírus.

A doença é transmitida pelo Aedes Aegypti, que também é vetor da dengue e da chikungunya. O Estado notificou 1.383 de possível infecção vírus da zika que aguardam resultado. O sintomas da doença são febre e vermelhidão, porém mais de 80% dos casos são assintomáticos.

Com base em diversos estudos, a OMS (Organização Mundial da Saúde) confirmou a relação entre a infecção do vírus da zika em gestantes com a microcefalia e outras alterações no sistema nervoso central de bebês. Desde o início do ano, foram confirmados dois casos de microcefalia em Mato Grosso do Sul.

A relação entre o zika e a microcefalia havia sido reconhecida pelo governo brasileiro em novembro de 2015, quando o vírus foi identificado em amostras de sangue e tecidos de um bebê com microcefalia e também no líquido amniótico de duas gestantes.

Desde então, diversas outras evidências foram encontradas, como vermelhidão na pele durante o primeiro trimestre da gravidez – que é um dos sintomas da Zika – em grande parte das mulheres que tiveram bebês nos estados da Bahia, Paraíba e Pernambuco.

Na quinta-feira passada (22), um estudo americano confirmou a pesquisa brasileira. O trabalho, divulgado no periódico científico “The New England Journal of Medicine”, foi considerado o mais completo já realizado para demonstrar a associação. No estudo, foi relatado o caso de uma jovem da Eslôvenia, infectada pelo vírus em Natal (RN).

ORIENTAÇÃO

O Ministério da Saúde orienta às gestantes que adotem medidas para reduzir a presença do mosquito Aedes aegypti, com a eliminação de criadouros, e proteção contra a exposição de mosquitos, mantendo portas e janelas fechadas ou teladas, uso de calça e camisa de manga comprida, além de repelentes permitidos para gestantes.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Quarta, 21 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)