Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/11/2014 11:28

Mãe se desespera com "doença misteriosa" que atinge bebê de um ano

Campo Grande News

Um menino de um ano e um mês está internado na Santa Casa em estado grave. Há pelo menos um mês, a criança não faz refeições regulares e vomita quase todos os dias. A suspeita da mãe, a artesão Laura Cristina da Rosa Tinoco, 28 anos, é de que ele tenha um tumor no estômago, mas a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) não tomou providências quanto ao tratamento.

Muriel Lopes Martins, de acordo com a mãe, já realizou todos os “exames da face da terra”. Há alguns meses atrás ela procurou o Hospital Regional, mas os médicos não encontraram motivos para o mal estar. A partir disso, ela percorreu vários postos de saúde e, por fim, o seu filho foi internado na Santa Casa.

O menino, com apenas 7 quilos, não consegue ingerir alimentos. “Até a água que ele bebe, ele vomita”, comentou a Laura. Para agravar o quadro clínico da criança, Muriel está desnutrido.

“O problema é que eles fazem vários exames e não me dizem o porquê. Eu suspeito que ele tenha tumor no estômago”, admitiu.

Laura disse que alguns médicos criticaram a atitude dos colegas, já que o menino deveria ter feito uma seiografia, exame que avalia a região gastrointestinal alto (esôfago, estômago e duedeno), mas ainda não foi feito e nem autorizado pela Sesau.

“Não sei mais o que eu faço”, desabafou a mãe. “Pode ser tudo, mas não falam pra mim e não resolvem”, comentou Laura.

Sem comer há quase 12h, Muriel começou a apresentar um quadro de hipoglicemia baixa. “Ele quase morreu em meus braços ontem (13)”, revelou a mãe.

A artesã, quase perdendo as esperanças, entrou em desespero, sem saber o motivo da doença do filho e espera que a prefeitura tome providências para que ele melhore. “Eu tenho medo que meu filho morra”, alegou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)