Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

30/01/2014 08:52

Mãe encomenda morte de genro e filha é assassinada por engano

Campo Grande News
Maria Aparecida e o marido. (Foto: Dourados Agora)Maria Aparecida e o marido. (Foto: Dourados Agora)

Maria Aparecida da Silva Oliveira, 39 anos, confessou que encomendou a morte do genro, mas a filha Karine Aparecida da Silva Oliveira Pedroso, 18, acabou morta por engano.

O crime ocorreu na madrugada de ontem (29), em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande. O marido da vítima, Felipe Leonardo Corrêa, 22, foi baleado no peito e encaminhado para o hospital.

Maria e o marido dela, Jeser Araújo dos Santos, 40, foram presos na tarde de ontem. O filho de Maria de 17 anos e um adolescente de 16 anos apreendidos. Eles confessaram participação no atentado.

Segundo a Polícia, Maria teria tramado a morte de Felipe. À Polícia, ela confessou que pediu para o companheiro Jesser e os menores executarem o plano de matar o genro.

O plano, segundo a mandante, era para os executores tirarem Felipe de dentro da casa e matá-lo do lado de fora. No entanto, acabaram matando sua filha por engano. Os quatro suspeitos foram autuados em flagrante acusados de homicídio e tentativa de homicídio.

À Polícia, Maria disse que Felipe merecia morrer porque era muito violento com a esposa. Karine deixou uma filha de nove meses.(Com informações do site Dourados Agora)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)