Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/05/2013 09:08

Mãe de aluna agride outra pela 3ª vez dentro de escola pública

Nadyenka Castro e Viviane Oliveira, Campo Grande News

Casos de agressão em escola assustam quando acontece entre alunos. A situação é mais revoltante quando envolve quem deveria educar o filho, ao invés de dar exemplo de violência.

Na tarde desta quarta-feira, uma mãe de uma estudante de 13 anos agrediu outra mãe de aluno, no pátio de uma escola pública em Campo Grande 2. A vítima precisou de atendimento médico e é o terceiro alvo da autora no colégio. A direção disse que irá acionar o Conselho Tutelar e o MPE (Ministério Público Estadual).

Há 17 anos trabalhando no colégio, o diretor-adjunto ,  afirma que as meninas são as que mais se envolvem em briga e, na maioria das vezes, têm notas baixas e sem acompanhamento dos pais da vida escolar.

Segundo a família da vítima, de 32 anos, e a direção da escola, a briga de hoje foi resultado de ‘perseguição’ que começou há cerca de um mês, após um concurso de teatro e música. As duas filhas da mulher agredida – de 12 e 14 anos – foram as vencedoras.

No início da tarde, a vítima foi levar a filha mais nova no colégio e quando entrou no pátio, foi abordada pela agressora. O marido da agredida conta que ela está com ferimentos na cabeça e arranhões por todo o corpo. “Eu estava no trabalho quando recebi ligação da minha esposa que já estava no posto de saúde. Ela disse que levou um chute na cabeça e chegou a desmaiar. Minha filha levou um tapa na cara”, fala o construtor de 47 anos.

A mulher foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros. Já a agressora, ficou na escola e justificou a lesão corporal ao diretor-adjunto, dizendo que se vingou das meninas batendo na mãe delas, em nome da filha. Na versão da mulher, a filha lhe contou que esbarrou na menina de 12 anos e a irmã não gostou e bateu nela.

O educador não acredita na versão da agressora e afirma que não houve nenhuma ocorrência envolvendo as três estudantes. Segundo Jessier, esta foi a terceira vez que a mulher bate em outras pessoas na escola e que ela só vai à unidade de ensino para brigar, e não para participar da vida escolar dos três filhos matriculados lá. Já a mãe agredida, acompanha a situação das duas filhas e ambas possuem notas boas.

Segundo o diretor-adjunto, a filha que não tem acompanhamento da mãe costuma se envolver em confusões na escola e já chegou a sair em anos anteriores. Conforme Jessier, a menina tem perfil das que geralmente causam problemas: é do Ensino Fundamental, não tem acompanhamento dos pais e as notas são baixas.

O responsável pelo colégio fala ainda que, em algumas vezes, as brigas de fora do colégio terminam lá dentro e têm relação ‘com namorados’.

O marido da mulher que foi machucada disse que pensa em trocar as filhas de escola caso a unidade de ensino não tome providências em relação às autoras.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)