Cassilândia, Quarta-feira, 21 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

25/09/2020 12:00

Mãe consegue trocar sobrenome de crianças para homenagear avô

Fonte: Midiamax

Redação
Mãe consegue trocar sobrenome de crianças para homenagear avô

Em Mato Grosso do Sul, uma mãe conseguiu que a Justiça permitisse a troca de sobrenome de duas crianças, para homenagear o avô materno. De acordo com o processo, o avô foi muito presente na vida dos netos e a mãe das crianças quis homenagear o pai. A ação visou também que o sobrenome não se perca nas gerações seguintes, já que o avô não possuía outro familiar que possa dar continuidade em seu nome, já que era filho único.

A decisão foi da 3ª Câmara Cível, em sessão virtual nesta semana. De acordo com o Tribunal de Justiça de MS, a mãe entrou com recurso contra a primeira decisão, que havia negado o pedido de retirar o sobrenome da avó materna e acrescentasse do avô.

A alegação foi de que colocar os sobrenomes dos dois avós tornaria os nomes dos netos muito longos e a crianças poderiam sofrer algum tipo de preconceito. Assim, a defesa entrou com recurso para a inclusão do sobrenome do avô materno, com a exclusão do sobrenome da avó materna.

O relator do processo, desembargador Paulo Alberto de Oliveira, ressaltou que o art. 16 do Código Civil prevê que toda pessoa tem direito ao nome e apontou que a lei, de forma excepcional, autoriza a modificação deste, sendo necessário que a alteração não promova danos aos familiares e seja justificada por razões de indiscutível relevância, principalmente, nos casos previstos na Lei de Registros Públicos.

No entender do relator, a alteração pedida pelos netos é perfeitamente possível e recomendável, pois, além de o sobrenome possibilitar a identificação das crianças entre a família materna, com quem mantinham forte ligação afetiva, o acréscimo permitirá a perpetuação da linhagem do avô materno, porque possibilitará que as crianças transferiram para parceiros e próximas gerações o seu sobrenome.

“A não concessão do patronímico, ao contrário, importará na cessação da linhagem materna justamente porque o último componente dessa estirpe a usar tal o patronímico é a mãe dos autores. Diante do exposto, dou provimento para o fim de retificar os registros de nascimento para que conste também o sobrenome do avô materno, mantendo-se inalterados os demais dados constantes nos respectivos assentos de nascimento”, concluiu o desembargador.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 21 de Outubro de 2020
Terça, 20 de Outubro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)