Cassilândia, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

07/12/2005 09:35

Lula: ''sou contra a pena de morte "

Cecília Jorge/ABr

"Sou contra a pena de morte na vida política e na vida normal". A frase do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante entrevista coletiva a emissoras de rádio, foi proferida em defesa do deputado cassado e ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu. Lula, que já havia saído em defesa de Dirceu, voltou a defender que julgamentos só ocorram após a conclusão das investigações.

No entendimento do presidente, até agora, não existem provas de irregularidades cometidas pelo ex-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT). "Quando você mancha o nome de uma pessoa depois você não reconstrói mais", afirmou. "Eu defendo que haja apuração, investigação. Agora eu sou contra a pena de morte na vida política e na vida normal".

Lula também afirmou que, caso concorra à reeleição, Dirceu subirá em seu palanque. "Eu levaria (Dirceu) para o palanque até porque ele foi cassado e não foi provado nada contra ele".

Dirceu foi cassado no dia 30 de novembro. O processo disciplinar movido na Câmara dos Deputados a partir de representação do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) acusava o ex-ministro da Casa Civil de ser o coordenador de um esquema de pagamento irregular a deputados para que votassem a favor de projetos de interesse do governo, o chamado "mensalão".

Para o presidente, afirmar que as autoridades têm que saber de tudo que ocorre no território nacional é uma simplificação. "Quantas mães de famílias, quantos pais de família têm um filho dentro de casa que está praticando algum delito, que está usando droga e não sabe. Só fica sabendo quando a polícia prende, quando acontece alguma desgraça", comparou.

Lula, no entanto, destacou que o desconhecimento não tira a responsabilidade das autoridades. Segundo ele, diante de uma irregularidade é preciso tomar providências. "O que não pode é abrir mão da responsabilidade. A responsabilidade é minha, é de qualquer ministro".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 21 de Agosto de 2017
Domingo, 20 de Agosto de 2017
10:00
Receita do dia
09:50
Três Lagoas
Sábado, 19 de Agosto de 2017
20:38
Para o fim de semana
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)