Cassilândia, Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

21/10/2003 09:22

Lula reafirma exigências para Alca

Agência Câmara

Em seu discurso na abertura do seminário sobre o papel dos legislativos na Alca, o presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva lembrou que a negociação da Área de Livre Comércio das Américas é hoje um dos temas mais debatidos no Brasil. "O Congresso Nacional, a imprensa, o meio acadêmico e a sociedade civil acompanham de perto e com crescente interesse a evolução das negociações". Ele justificou o interesse pelo fato de que a formação do bloco repercute intensamente na política interna.
Segundo Lula, a Alca não envolve apenas a abertura de mercados, está em jogo também o tratamento de temas complexos, de grande relevância para o Brasil, como o setor de serviços e a propriedade intelectual.

COMÉRCIO
O presidente afirmou também que apesar de que temas como normas anti-dumping e o fim de subsídios agrícolas não serão objetos de negociação, o Brasil continua interessado em negociar. Ele disse ainda que não faz sentido conceder acesso preferencial a nosso mercados, sem contrapartida em áreas em que o País é mais competitivo, como a agricultura, com o fim de barreiras tarifárias nos países ricos. As possibilidades de ganho nesse setor são bastantes e ilimitados, disse ele.
Lula defendeu uma "Alca equilibrada , com real acesso aos mercados do hemisfério e ao mesmo tempo de espaço para políticas de desenvolvimento". O Presidente disse que o País quer maior participação no comércio internacional e que é atraído pela possibilidade de acesso ao mercado mais dinâmico do mundo, os Estados Unidos.
De acordo com Lula, o Brasil "tem não só o direito, mas a obrigação de definir um projeto de Alca que seja favorável a todos os países e sobretudo aos países mais pobres".

MERCOSUL
O presidente afirmou que o presidente da Argentina, com quem reuniu-se na última semana, também concorda que a proposta do Mercosul seja referência básica para as negociações da Alca. "O foco da questão não é dizer sim ou não à Alca, mas definir qual a Alca que nos interessa".
Ele acrescentou ainda que não se pode esquecer que o bloco vai reunir um conjunto de países extremamente heterogêneos, inclusive em termos de tamanho e desenvolvimento

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 18 de Setembro de 2020
06:40
Libertadores da América
Quinta, 17 de Setembro de 2020
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)