Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/12/2004 15:50

Lula pede menos choro

Dourados News


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que no ano que vem "a ordem é crescimento, geração de emprego e distribuição de renda". "Não existe espaço para as pessoas apenas ficarem chorando, temos que levantar a cabeça e acreditar que se a gente quiser fazer a gente faz", afirmou em discurso de improviso ao assinar a ordem de serviço que dará início à duplicação da BR-101 nos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O presidente disse que muitos apostaram no fracasso do seu governo. "Muitos apostaram que o País ia degringolar e ia haver um fracasso com o povo na rua pedindo a entrada de outro presidente", disse. "Só que eles não perceberam que as quatro derrotas me transformaram num ser humano calejado e ao invés de ficar chorando estas derrotas, tiramos lições delas".

Lula disse que muitos analistas econômicos e o próprio governo erraram nas previsões sobre o crescimento da economia. "Diziam que a economia não ia crescer. A economia não cresceu só 3%. Cresceu 5,3% (janeiro a setembro de 2004). O maior crescimento dos últimos anos". Ele reconheceu que o País tem muitos problemas e que seria necessário uma vida inteira para resolvê-los. "Problema é igual prestação. Se não pagar uma, fica mias difícil pagar duas, e vai chegar um tempo que não vai conseguir pagar mais", afirmou.

Sobre a duplicação da BR-101, Lula afirmou que faz mais de 10 anos que quando vai ao Rio Grande do Sul vê placas e faixas pedindo a obra. "Não quero saber quem prometeu, mas muitos prometeram. Eu nunca prometi porque não prometo o que não sei e o que não conheço", disse. Ele pediu ao ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, que divulgasse o telefone dele para que as pessoas possam denunciar. Lula disse estar cansado de fazer inaugurações e assim que as autoridades vão embora, as máquinas saem e não trabalham. "Estas máquinas vão ter que trabalhar", afirmou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)