Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/11/2004 09:40

Lula diz que vai criar 500 escolas ''chão de fábrica''

Liésio Pereira/ABr

São Paulo - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reafirmou o compromisso de criar 500 escolas "de chão de fábrica" no próximo ano. Lembrando do período em que estudou no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), no bairro do Ipiranga, em São Paulo, Lula defendeu investimentos no ensino profissionalizante. Essas escolas utilizam o espaço interno da fábrica e o professor da própria empresa, ficando o comando técnico e o financiamento sob a responsabilidade da União.

Em agosto desse ano, quando anunciou as metas do governo para o ensino profissionalizante, o ministro da Educação, Tarso Genro, afirmou que as escolas "de chão de fábrica" receberão R$ 25 milhões do orçamento de 2005.

Em seu discurso na cerimônia de posse da nova diretoria da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), na noite de segunda-feira (8), o presidente destacou os avanços do país no comércio exterior e citou como exemplo as vitórias do Brasil nas disputas da Organização Mundial do Comércio (OMC). Lula lembrou o sucesso das relações comerciais entre Brasil e países do Oriente Médio, além de China e Índia. O presidente ressaltou também o papel desempenhado pelo Brasil no esforço de integração dos países da América do Sul.

O presidente destacou ainda as ações do governo para incentivar a produção industrial, como o Programa de Modernização do Parque Industrial (Modermaq), as alterações no recolhimento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e o programa de Biodiesel, que começará a operar este mês.

Lula pediu aos empresários e políticos presentes ao evento que dedicassem o próximo ano aos projetos que o país precisa. "Que a gente dedicasse o ano de 2005 a tirar proveito do bom momento internacional – e do bom momento que o Brasil está vivendo – e que a gente não permitisse que a mesquinhez tomasse conta de qualquer um de nós e colocasse as eleições de 2006 acima dos interesses que este país tem e da sociedade brasileira, que precisa, uma vez na vida, ter a oportunidade de crescer de maneira definitiva", disse o presidente.

Participaram também da cerimônia os ministros do Trabalho, Ricardo Berzoini; da Ciência e Tecnologia, Eduardo Campos; das Comunicações, Eunício Oliveira; da Cultura, Gilberto Gil; do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias; da Secretaria Geral da Presidência da República, Luiz Dulci; o presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Jaques Wagner; o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles; o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin e a prefeita de São Paulo, Marta Suplicy.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)