Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

20/06/2005 14:11

Lula diz que não pode haver hegemonia no Mercosul

Carolina Pimentel / ABr

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que não pode haver hegemonia no processo de integração do Mercosul. Ele disse o Brasil tem consciência de seus compromissos e obrigações na situação de maior economia do bloco, capaz de contribuir com países menores.

"Sabemos que os benefícios reais e efetivos do Mercosul, em particular para os sócios menores, dependem de uma diversificação de nossa pauta de importações, sobretudo para produtos de maior valor agregado. Estamos prontos a iniciar um trabalho de superação efetiva dos entraves e dificuldades pontuais no nosso comércio", disse o presidente, durante a reunião do Conselho de Cúpula do Mercosul, em Assunção, no Paraguai.

Lula sugeriu que o governo uruguaio – que assumiu a presidência temporária do bloco pelos próximos seis meses – faça um levantamento das dificuldades enfrentadas pelo Mercosul e os compromissos pendentes. "Esse balanço orientará uma pronta resposta nossa aos problemas pendentes. Temos dado demonstrações significativas de confiança no nosso futuro comum. Estimulamos e realizamos importantes investimentos em setores estratégicos da economia de nossos vizinhos", afirmou.

O presidente destacou que os investimentos conjuntos e as compras de governo ainda podem ser mais explorados como "instrumentos de integração" do Mercosul. "Reitero nosso compromisso de fazer com que o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) seja não apenas um banco de desenvolvimento nacional mas, também, com outros instrumentos e instituições, um banco de fomento do bloco."

Lula também disse que é preciso que a sociedade participe da integração do Mercosul, pois as ações não podem partir apenas dos governantes. "Para que a integração se enraíze de fato em nossos países e produza os frutos que queremos colher, todos – empresários, trabalhadores, parlamentares e sociedade civil – devem olhar para além de seus interesses específicos e momentâneos".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)