Cassilândia, Quinta-feira, 01 de Outubro de 2020

Últimas Notícias

21/11/2003 14:20

Lula diz como será a reforma agrária

Ellis Regina/ABr

O governo divulgou, há pouco, as metas do Plano Nacional de Reforma Agrária. São 11 metas de trabalho, segundo as quais, até 2006, o governo vai assentar 400 mil famílias, regularizar a posse de terra de 500 mil que já estão no campo e criar 2,75 milhões de novos postos permanentes de trabalho no setor agrário.

Além disso, 150 mil famílias serão beneficiadas com crédito fundiário e 2,2 milhões de imóveis rurais, regularizados e cadastrados. O governo espera também reconhecer, demarcar e circular áreas das comunidades quilombolas e dar às famílias assentadas assistência técnica, capacitação e orientação sobre a comercialização dos produtos cultivados nas propriedades.

De 2004 a 2007, a meta é mais ambiciosa, com mais 150 famílias assentadas, somando 520 mil novos assentamentos, com um total de 1 milhão 320 mil famílias beneficiadas.

Em discurso no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, há pouco, que a reforma agrária será feita com a objetividade necessária, dentro das condições do governo, dando prioridade "aos mais necessitados". Lula observou que a reforma não é do governo, é do povo e que, quando for necessário, dizer não, será dito. "Quero sair da Presidência podendo olhar vocês nos olhos", disse o presidente a uma platéia de cerca de 2.000 integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 01 de Outubro de 2020
Quarta, 30 de Setembro de 2020
17:50
Ituiutaba, Minas Gerais: confira o boletim coronavírus desta quarta-feira
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)