Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/12/2004 13:24

Lula diz a ministros que é hora de desenvolvimento

Irene Lobo e Carolina Pimentel / ABr

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse hoje que a hora é de desenvolvimento, de crescimento com geração de emprego, de distribuição de renda e de inclusão social. Segundo ele, também é tempo de colher "o muito que foi plantado". As palavras foram dirigidas à equipe, que participa da última reunião ministerial do ano, na residência oficial do Torto.

A reunião, que tem como objetivo fazer um balanço de 2004 e definir as prioridades para o terceiro ano de governo, começou com o discurso do presidente. Lula disse aos ministros que tudo o que foi feito nos últimos 24 meses está aquém do que a sociedade reclama, mas serviu para reverter a situação anterior. "Nesses dois primeiros anos, revertemos um processo que nos conduzia ao abismo", afirmou.

Segundo o presidente, nos últimos dois anos, seu governo viveu intensamente um país em situação dramática, com o Estado desaparelhado. "Não demos continuidade às políticas do governo anterior. Fizemos o que deixou de ser feito. Reconstruímos nossa economia, fortalecemos nossas instituições e, sobretudo, conquistamos credibilidade no país e no exterior", acrescentou.

Para conseguir esse resultado, Lula lembrou que foi necessário adotar medidas de política econômica algumas vezes amargas, outras incompreendidas e criticadas. "Compreendemos os que, movidos por desejos de mudança se impacientam com o ritmo das transformações. Respeitamos seus sentimentos e renovamos nosso convite ao diálogo", disse. Segundo Lula, com essas medidas o país conseguiu os melhores indicadores econômicos dos últimos dez anos, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e a maior retomada do emprego desde 1992.

Ao final do discurso, o presidente Lula afirmou que o combate à fome, à pobreza e à exclusão social continuam a ser as prioridades de seu governo. Ele agradeceu a colaboração dos poderes Legislativo e Judiciário, aos prefeitos, governadores e à sociedade.

A última reunião ministerial do ano prossegue até amanhã (11), quando estão previstos debates entre os ministros.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)