Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

22/05/2004 18:35

Lula cumpre agenda rápida em Kiev

Mylena Fiori/ABr

- A caminho da China, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva permaneceu durante quatro horas em Kiev, capital da Ucrânia. O que seria apenas uma escala técnica acabou se transformando em uma visita diplomática do governo brasileiro. Acompanhado da primeira-dama Marisa Letícia, de sete ministros, quatro governadores e demais integrantes da comitiva, Lula visitou o monastério Lavra de Petchersk – o primeiro e mais importante templo ortodoxo eslavo do mundo - e fez um passeio pelo centro histórico da cidade. A rápida estadia terminou com um café da manhã com o presidente ucraniano Leonid Kutchma, no Palácio Mariinski.

Lula retribuiu a visita de Kutchma, que esteve no Brasil em outubro do ano passado. O presidente aproveitou para consolidar as boas relações entre os dois países. Desde 2002, Brasil e Ucrânia têm acordo de cooperação no campo espacial para viabilizar ações conjuntas no Centro de Lançamentos de Alcântara usando o veículo lançador de satélites Cyclon –4, de fabricação ucraniana.

Brasil e Ucrânia também estão em vias de assinar um acordo na área de Minas e Energia. O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, confirmaram que a Ucrânia pretende comprar, via Porto de Santos, gás explorado pela Petrobrás. Furlan revelou, também, o interesse da Ucrânia em comprar mais carne brasileira.

A Ucrânia é considerada o berço das três nações eslavas do Leste: russos, ucranianos e bielorussos. Sua população é de 48,45 milhões de pessoas – 77% de origem ucraniana e 17% de origem russa. O país, que fazia parte da União Soviética e conquistou a independência em 1991, tem um Produto Interno Bruto de US$ 46,3 bilhões e uma taxa anual de crescimento de 9,3% (2003). No ano passado, a Ucrânia exportou US$ 28,95 bilhões e importou US$ 27,67 bilhões.

A lista de exportações inclui metais ferrosos e derivados, produtos químicos, máquinas e equipamentos, minerais e carburantes , produtos de origem vegetal e animal, materiais plásticos e produtos da indústria alimentícia. No rol dos importados estão energia (petróleo, gás, etc), minerais, máquinas e equipamentos, teciodo e papel. Os principais parceiros comerciais da Ucrânia são Rússia, Alemanha, Turquia, Polônia, Itália, Belarus, Turcomenistão, Casaquistão e China.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)