Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/05/2006 15:27

Lula anunciará plano emergencial para agricultura


O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, disse nesta terça-feira que o governo apresentará um plano para apoiar os produtores agrícolas. O setor reivindica redução no preço do diesel, seguro para safras e novas linhas de crédito, além de reclamar que a valorização do real diante do dólar reduz o lucro com as exportações de grãos. "Temos que aumentar o apoio a essa área.

Vamos ter um conjunto de ações emergenciais ainda neste mês, a pedido do presidente Lula, com medidas estruturantes e um plano de safra que tenha mais dinheiro e mais barato", disse Rodrigues sem especificar que ações serão possíveis para amenizar as perdas dos agricultores.

O ministro disse que há um "desastre agrícola" porque a a agricultura é muito maior do que há dez anos e que algumas cidades estão em "crise econômica violenta" e sofrendo com desemprego. Sobre a reclamação da pressão do câmbio, o ministro disse que concorda com as queixas, mas que não pode interferir por ser uma questão da "área econômica do governo".

"Só tenho tristeza por esse momento do câmbio porque a agricultura não tem como se beneficiar disso. Plantamos a safra de 2004 com cambio em R$ 3,20 e R$ 3,10 e colhemos essa safra em 2005 com cambio em R$ 2,60. Ou seja, tivemos um divórcio entre o custo e o preço.

Plantamos a safra de 2005 a R$ 2,60 e estamos colhendo a R$ 2,10. É uma seqüência de três anos de perdas por causa da questão do cambio e a agricultura é o único setor que não tem nenhuma forma de salvaguarda", disse o ministro. Rodrigues disse que nos encontros com os ministros da área econômica expôs os problemas do setor e o momento de alta nos custos e queda nos preços.

"Este é um tema cadente e preocupante e uma ação para amenizar esse problema tem de ser feita. Estou buscando mecanismos que compensem essas perdas". Os agricultores organizam protestos contra as políticas agrícola e econômica do governo federal nos Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná e Goiás e, ontem, chegaram ao Nordeste, com manifestação em Alagoas. As informações são do site de notícias Folha Online.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)