Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

22/02/2006 15:55

Luizinho tem o apoio do senador Delcídio do Amaral

Aline Avancine
Cassilândia NewsCassilândia News

O deputado estadual Luizinho Tenório (PL) esteve reunido com o senador Delcídio do Amaral (PT), na semana passada, para tratar, dentre outras questões, da liberação de recursos para a finalização das obras da ponte rodoferroviária, entre os municípios de Aparecida do Taboado, em Mato Grosso do Sul, e Rubinéia, no Estado de São Paulo. Segundo Luizinho, “o senador manifestou todo apoio, comprometendo-se a trabalhar em prol da liberação de mais recursos para a ponte”.
A obra na ponte rodoferroviária foi retomada no dia 12 de janeiro deste ano, com a liberação pelo Ministério dos Transportes de R$ 2,7 milhões. No entanto, para que os trabalhos de manutenção e o projeto da obra sejam concluídos ainda falta a liberação de mais R$ 20 milhões. O deputado, que esteve no local para acompanhar os trabalhos, foi um dos principais responsáveis pelos recursos destinados, tendo como bandeira em seu mandato a recuperação da ponte rodoferroviária.
Para Luizinho, o apoio de Delcídio será de fundamental importância para a conclusão da obra. “Precisamos terminar este projeto, o maior do gênero no mundo. Falta tão pouco se comparado com o que já foi gasto. Na questão está em jogo o escoamento da produção da região do Bolsão e dos demais municípios do Estado”, observou.
A obra de recuperação emergencial da ponte tem término previsto para junho deste ano e é executada sob a responsabilidade do 10º Batalhão de Construção e Engenharia do Exército Brasileiro, sediado em Lages (Santa Catarina). Um pequeno destacamento, composto de 40 integrantes com dois oficiais e 38 praças, amparados por equipamentos de última geração, empenha-se n a solução de problemas emergenciais, tais como: recapeamento das pistas de rodagem, manutenção das juntas de neoprene e metálicas, pintura das barreiras de concreto e dos balaústres metálicos, troca e contraventamento de dormentes, eliminação de cupins das proteções de madeira do canal de navegação fluvial e restauração da iluminação.
A ponte foi iniciada pela Ferronorte e concluída pelo Governo do Estado de São Paulo com recursos da União. No entanto, o convênio entre a União e o Governo de São Paulo terminou em dezembro de 1999. A obra, que custou cerca de R$ 586,3 milhões, ficou, desde então, sem manutenção e acabou não concluída.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)