Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/05/2005 14:37

Luizinho exigiu a aplicação de recursos para os índios

Fabricío Freitas
Cassilândia NewsCassilândia News

Integrante da CPI que está investigando as causas da desnutrição indígena, o Deputado Luizinho (PL), exigiu ontem (05/05) a aplicação dos recursos liberados para investimento nas causas indígenas.
Ele participou de mais uma sessão da CPI que ouviu ontem o coordenador regional da Funasa, Gaspar Francisco Hickmann.
Segundo Luizinho, é inadmissível que com tantos problemas apresentados desde o início deste ano, os dirigentes da Funasa e da Funai ainda continuem sem ações efetivas enquanto os índios padecem.
Luizinho quis saber o porque das 27 toneladas de alimentos que estavam encalhadas na Funai de Dourados, enquanto índios passam fome.
A resposta de Hickmann surpreendeu todo o plenarinho da Assembléia Legislativa que estava lotado. Ele afirmou que os alimentos não foram distribuídos porque a Funai não tinha funcionário para empacotar nem distribuir as cestas básicas, mesmo com tanto dinheiro liberado, apesar de ter afirmado que a distribuição de alimentos não é de competência da Funasa.
Segundo Luizinho, os índios de Mato Grosso do Sul recebem verba de várias fontes.
O deputado disse que “a aplicação das verbas precisa e vai ser explicada pelos órgãos gestores que é a Funai e a Funasa”.
Um exemplo, disse Luizinho à imprensa nesta quinta-feira, é a reclamação dos índios de que a Funasa disponibiliza apenas um veículo para atender 11 mil índios em Dourados e existem documentos comprovando um gasto de R$ 1,06 milhão em 12 meses com a manutenção de 72 carros e 26 motocicletas em Mato Grosso do Sul.
“Isso representa um gasto anual de R$ 10,8 mil por veículo e nós vamos descobrir se isso é verdade”, afirmou Luizinho.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)