Cassilândia, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

Últimas Notícias

17/05/2014 12:33

Lojista morto em avenida era ministro da igreja e não andava de carro

Campo Grande News

Morto após ser atropelado por uma motocicleta na Avenida Afonso Pena, em frente ao Shopping Campo Grande, o empresário Danilo de Paula Eduardo Cabral, 29 anos, era ministro da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, no Bairro Santa Fé, e não gostava de andar de carro. Ele sofreu o acidente ao ir até o shopping comprar um remédio.

Segundo a família, que pede Justiça, caçula de três irmãos, Cabral era dono da loja Casa Útil, no Bairro Chácara Cachoeira, e morava com os pais. Ele sonhava em ser padre e até freqüentou o seminário em duas ocasiões.

Apesar de ter carro, ele preferia andar a pé. Na noite de ontem, ele saiu de casa em busca de um remédio. Quando voltava do Shopping Campo Grande, foi atingido pela motocicleta em alta velocidade.

De acordo com a cunhada, Danilo quebrou a perna, o braço e o pescoço. Além disto, teve afundamento de crânio e trauma no tórax. Para o irmão, Diogo Cabral, pelos ferimentos causados, o motociclista, identificado como José Carlos, estava em alta velocidade. Ele também ficou ferido e continua internado no hospital.

Diogo relata que o irmão era muito atuante na Igreja Católica. A cunhada, Luciana Cabral, revelou que ele era caseiro, não tinha filhos e morava com os pais. “Era um filho de unia a família”, lembrou Diogo.

O corpo do empresário está sendo velado no Jardim das Palmeiras, na saída para Rochedinho. O sepultamento está previsto para as 16h deste sábado (17).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)