Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/02/2005 14:57

Livro sobre MS é doado a 140 escolas estaduais

Agência Popular

A partir de hoje, milhares de alunos de 140 escolas estaduais do interior do Estado terão mais um instrumento de consulta para pesquisa e leitura. É o livro “Mato Grosso do Sul”, doado para as unidades escolares pelo escritor e jornalista Paulo Renato Coelho Neto. A obra é o trabalho mais abrangente realizado até o momento sobre o Estado.

Para a técnica da Secretaria de Estado de Educação (SED) Aparecida Vicente de Almeida Martins, “o livro terá grande utilidade para todos conhecerem melhor o Estado, principalmente, aqueles que estão na terceira e quarta séries, pois é nesses momentos que o tema Mato Grosso do Sul é estudado”. Em Campo Grande, a biblioteca e videoteca Guaicuru, no Centro Educacional Ezequiel Ferreira (Cepef), ligado à SED, também terá alguns exemplares para atender o público.

O autor colheu as informações do livro percorrendo, de carro ou de barco, mais de 12 mil quilômetros. Ele visitou 19 municípios de diferentes regiões, entre elas as do Aqüífero Guarani e do Pantanal.

O livro retrata, por meio das fotografias e textos, um pouco do turismo, cultura, geografia, meio ambiente, ecologia, história e perspectivas econômicas de Mato Grosso do Sul. Paulo Renato acredita que muitas das informações relatadas são desconhecidas para a maioria dos 2,1 milhões de habitantes do Estado.

“Mato Grosso do Sul é um Estado que tem 357.124 km2 de área. Fazemos divisa com cinco Estados brasileiros e dois países da América Latina. Graças a essas imensas proporções, a grande maioria da população ainda desconhece informações básicas de quem somos, onde estamos, em termos geográficos e ecológicos, o que representamos social e economicamente e como nos formamos historicamente”, analisa.

O livro tem 120 páginas, foi escrito em dois idiomas – português e inglês – e sua confecção durou 21 meses para ficar pronto. Está na segunda edição e o autor conseguiu publicá-lo com o patrocínio do Fundo de Investimento à Cultura (FIC), do Governo Popular.

Karla Tatiane - SED

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)