Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/07/2005 14:08

Linha para produtor pagar dívida ainda sem operações

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Lançada em junho, a linha de recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador) com R$ 1 bilhão, depois acrescida de mais R$ 3 bilhões do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) ainda não gerou nenhum contrato em Mato Grosso do Sul, segundo informação do superintendente do Banco do Brasil no Estado, Loureno Budke.
A pendenga estava nas multinacionais aceitarem avalizar o empréstimo, já que assumiriam 5% de juros para os produtores arcarem com 8,75%. Na semana passada, segundo reportagem do Valor Econômico, em reunião da Câmara Setorial de Insumos Agrícolas realizada em São Paulo, já na quarta rodada de negociações, os empresários teriam cedido.
Porém, ainda não houve operações com a linha no Estado. Esta é a primeira vez que o governo intervém na negociação entre os produtores e a iniciativa privada, responsável por cerca de 70% do financiamento da produção.
Oura indefinição que persiste é quanto os recursos para a safra 2005/06. Isso porque o governo trabalha com retornos da safra anterior e que precisam ser liquidados. Este é o segundo ano em que ocorreram prorrogações lastreadas na mesma fonte de recursos, devido às perdas no campo. Só em Mato Grosso do Sul foram prorrogados cerca de R$ 350 milhões de R$ 1,2 bilhões emprestados.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)