Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/12/2010 17:08

Linha de transmissão deve levar indústrias a Corumbá

Campo Grande News/ Fernanda França

A nova linha de transmissão a ser leiloada quinta-feira pela Aneel (Agência Nacional de Energia) vai praticamente duplicar a oferta de energia na região da fronteira de Mato Grosso do Sul com a Bolívia, o que permitirá, a médio prazo, a instalação de novas indústrias em Corumbá e Ladário.

Segundo o senador Delcídio do Amaral, hoje a região é servida por uma linha de 138 kV, que sai da sub-estação de Anastácio e, além de abastecer Corumbá e Ladário, atende também os municípios de Miranda e Bodoquena.

“Em função disso e também dos níveis de consumo registrados atualmente, a energia na região oscila muito, o que desestimula qualquer grande empreendimento industrial que exija uma oferta maior de eletricidade”, observou.

O linhão a ser leiloado esta semana ligará a sub-estação de Anastácio diretamente a Corumbá, com uma tensão de 230 kV, e disponibilizará 200 MW a mais na fronteira, injetando mais potência e aumentando a confiabilidade do sistema.

“Sem dúvida alguma é um excelente atrativo para novos projetos industriais na região”, observa o senador, que é engenheiro eletricista e especialista em questões ligadas ao setor elétrico.

O leilão desta quinta-feira acontece às 10h na sede da Bolsa de Valores de São Paulo. As obras começam no ano que vem, têm prazo de conclusão de dois anos e estão orçadas em R$ 270 milhões.

Delcídio também apontou outra vantagem na implantação do linhão. “Será possível retomar o projeto de construção de uma termelétrica na fronteira, para gerar energia a partir do gás natural boliviano”, finalizou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)