Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/06/2008 18:03

Liminar proíbe INSS de suspender benefício sem perícia

Marta Ferreira, Campo Grande News

Decisão da Justiça Federal em Mato Grosso do Sul, dada no 6 de junho, impede que o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) suspenda o pagamento de auxílio-doença sem que seja feita perícia médica para comprovar que o segurado já pode voltar ao trabalho.

O INSS adota a prática com base em um decreto do governo federal que permitia ao órgão estabeler previamente prazo para a recuperação da capacidade para o trabalho dos seus segurados beneficiados pelo auxílio-doença.

A alta programada”, como é chamada, é praticada indistintamente pelo INSS em todo o território nacional, conforme as informações da Defensoria Pública, sem levar em conta a situação concreta de cada segurado que estivesse recebendo auxílio-doença. Para isso, é considerado o prognóstico de melhora realizado na primeira perícia feita pela autarquia previdenciária.

Autor da ação, o defensor público da União em Campo Grande Jair Soares Júnior, afirmou que a liminar concedida pela Justiça Federal beneficiará milhares de segurados que deixariam de receber o benefício de auxílio-doença sem a comprovação de que estejam aptos a voltar ao trabalho.

A decisão vale para todo o Estado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)