Cassilândia, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

Últimas Notícias

17/01/2006 18:54

Líderes decidem votar fim de salário extra

Priscilla Mazenotti /ABr

Os líderes dos partidos na Câmara dos Deputados decidiram votar o Projeto de Decreto Legislativo (PDL) que determina o fim do pagamento de salários extras no período de convocação, durante reunião com o presidente da Casa, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP). "Vejo uma mudança. Mudam-se os tempos, mudam-se as verdades", afirmou Aldo.

Além do PDL, os parlamentares concordaram em votar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que reduz o recesso parlamentar de 90 dias. A mudança pode instituir o prazo de 45 dias para o recesso. A sessão plenária que votará as duas propostas começou há pouco na Câmara.

O líder da oposição, deputado José Carlos Aleluia (PFL-BA), reagiu favoravelmente ao acordo. "O recesso, extenso como era, não tinha cabimento. Mas o mais importante é o não-pagamento de nenhuma sessão extraordinária", opinou.

Caso a redução do recesso seja aprovada, os trabalhos no Congresso serão suspensos de 30 de dezembro a 30 de janeiro e de 15 a 30 de julho. "Além disso, não se encerraria o ano sem a votação do Orçamento e só teríamos convocação mediante aprovação de metade mais um do número de parlamentares", explicou o líder do PT na Câmara, Henrique Fontana (RS).

Para o relator do PDL, deputado Inocêncio Oliveira (PL-PE), a aprovação da proposta acaba definitivamente com pagamentos extras na convocação extraordinária. "Não há pagamento em qualquer forma e isso inclui, também, os servidores da Casa", explicou.

"Vamos tentar votar tudo hoje e acredito que a grande maioria dos parlamentares votará pela aprovação do projeto", explicou o líder do PSB, Renato Casagrande (ES).



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 27 de Junho de 2017
Segunda, 26 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)