Cassilândia, Terça-feira, 29 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

26/08/2003 09:00

Líderes da FIESP mostram interesse por MS

Agência Popular

Mato Grosso do Sul é um dos estados mais interessantes do ponto de vista estratégico, como entreposto do eixo da rota bioceânica, e do ponto de vista do desenvolvimento sustentável, daí o interesse, cada vez maior, dos investidores em se inteirar das potencialidades do Estado. A avaliação é do presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Horácio Lafer Piva, que tratou o governador Zeca do PT como “um amigo da Fiesp”.

Os empresários demonstraram interesse em buscar mais informações e acenaram com prospecções no Estado para examinar custos-benefícios de futuros investimentos. A diretoria da Fiesp elogiou a determinação do governador Zeca em difundir o potencial do Estado para expandir sua economia e disposição política de colocar Mato Grosso do Sul como instrumento de fortalecimento da política externa do presidente Lula em relação ao Mercosul e Pacto Andino. Zeca falou para um público de 150 empresários, que representam 35,5% do PIB nacional e 27% do PIB do Mercosul.

O governador Zeca do PT entusiasmou os empresários paulistas, durante a palestra feita na tarde desta segunda-feira. “O encontro foi o melhor possível”, avaliou o governador. “Foi importante apresentar à Fiesp as vantagens de Mato Grosso do Sul: sua localização estratégica, potencialidades econômicas e naturais, como ecoturismo e agronegócio”. Um dos pontos altos da apresentação do governador foi a questão da reforma tributária. “Conseguimos transmitir otimismo e confiança para que os empresários paulistas façam investimentos vinculados ao perfil econômico de Mato Grosso do Sul, o que conseqüentemente vai gerar crescimento e empregos em nosso Estado”.

Zeca também destacou a importância do seu projeto que objetiva criar uma rota que ligue Mato Grosso do Sul ao mercado asiático, via oceano Pacífico, e que tornará o Estado e o País mais competitivos no setor de exportação. “Uma consultoria contratada pela Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F) para avaliar qual seria a melhor alternativa de se chegar ao mercado asiático, concluiu que a melhor rota é a que passa por Mato Grosso do Sul e segue até aos portos do Peru e do Chile, que encurtam em 7.400 quilômetros a distância para a Ásia”, revelou. “A empresa que se instalar em Mato Grosso do Sul estará mais próxima desse mercado de 3 bilhões de consumidores.”

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 29 de Setembro de 2020
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
Segunda, 28 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)