Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/06/2004 14:05

Líder está convicto de que o mínimo voltará a R$ 260

Agência Câmara

O líder do Governo na Câmara, Professor Luizinho (PT-SP), esteve reunido, hoje pela manhã, no Palácio do Planalto, com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O deputado disse que o presidente estava tranqüilo e confiante de que a Câmara vai reverter a decisão do Senado de elevar o valor do salário mínimo para R$ 275.
A Câmara já havia aprovado o texto original da MP 182/04, que reajusta o mínimo para R$ 260 a partir de 1º de maio. Como o Senado alterou a proposta aprovada pelos deputados, a matéria retorna à Casa.

Estratégia
Professor Luizinho adiantou que, até segunda-feira (21), vai analisar junto com o presidente da Câmara, João Paulo Cunha, e o ministro-chefe da Secretaria de Coordenação Política e Assuntos Institucionais, Aldo Rebelo, uma estratégia para a votação da MP do Mínimo.
O líder do Governo afirmou que vai conversar também com os líderes da Base Aliada, mas adiantou que já há, na Câmara, a convicção de que "o senhor de nossa razão é o bem do Brasil, não a luta política”. “E, para o bem do Brasil, nós vamos manter o valor do mínimo proposto pelo Governo (R$ 260)", concluiu Professor Luizinho.
Neste momento, o parlamentar está reunido com o presidente João Paulo, que também esteve reunido com Lula nesta manhã.

Humilhação sem precedentes
O líder do PFL, José Carlos Aleluia (BA), comemorou a vitória da Oposição, que elaborou a proposta de R$ 275. Na avaliação do parlamentar, será uma humilhação, para a Câmara, derrubar esse valor, que conta com o apoio da sociedade. "A Câmara dos Deputados teria que interpretar, no palco do Congresso Nacional, o dia mais triste da história da Câmara. Seria uma humilhação sem precedentes, deixando marcas profundas, cicatrizes muito feias na atual Legislatura. Não acredito que isso aconteça", disse.
Aleluia espera que a proposta seja votada na Câmara na próxima semana, o que significa que o cronograma elaborado pelos líderes na última quarta-feira, para dar continuidade aos trabalhos até o dia 8 de julho e iniciar o recesso no dia 9, poderá ser alterado.

Reportagem - Márcio Salema e Poliani Castello Branco
Edição - Natalia Doederlein

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)