Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

15/06/2004 09:52

Líder admite dificuldades para aprovar mínimo

Gabriela Guerreiro/ABr

De volta ao Congresso Nacional depois de 15 dias em recuperação de uma cirurgia na vesícula, o líder do Governo no Senado, Aloizio Mercadante (SP), admitiu que o governo vai enfrentar dificuldades na votação do salário mínimo. “Estamos trabalhando para ter coesão da base do governo. A nossa maioria é precária, mas tem que ser mantida em todas as votações relevantes”, afirmou.

Mercadante defende o “pacote social” proposto pelo senador Cristovam Buarque (PT-DF) para garantir o aumento do poder de compra do salário mínimo. Na avaliação do líder, as medidas na área social são prioridade para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante todo o seu mandato – e não estão vinculadas apenas à votação do mínimo. “A base no Senado está motivada para avançar em políticas sociais, mesmo com as dificuldades orçamentárias. Esta agenda social é agora, depois e sempre”, afirmou.

Hoje, ele participa da reunião com vários senadores da base aliada e o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Bernard Appy, para discutir a possibilidade de inclusão do “pacote social” na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2005.

Vários senadores da base aliada, especialmente Cristovam Buarque (PT-DF) condicionam o voto favorável aos R$ 260 ao compromisso do governo de viabilizar, em curto prazo, as medidas previstas no pacote social – que variam desde a recuperação do mínimo a ações na área de educação.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)