Cassilândia, Terça-feira, 23 de Abril de 2019

Últimas Notícias

09/07/2005 08:05

Libertadores: Palmeiras foi derrotado na melhor de três

CBF News

Em 1968, Palmeiras e Náutico, do Recife, foram os representantes do Brasil na Taça Libertadores da América. O Náutico foi eliminado na última partida da primeira fase, contra o Deportivo Português, da Venezuela, por ter escalado um jogador de maneira irregular.

O Palmeiras, como acontecera em 1961, chegou à final, mas novamente ficou com o vice-campeonato. Da primeira vez, o time paulista perdeu o título para o Peñarol. Em 1968, o título ficou com o Club Estudiantes de La Plata, da Argentina, que no último dia 20 de junho completou o seu centenário de fundação. A decisão daquele ano, foi disputada em três partidas.

No primeiro jogo, em La Plata, na Argentina, o Estudiantes venceu por 2 a 1. O Palmeiras saiu na frente com um gol de Servílio, mas Verón e Flores viraram o jogo para o Estudiantes.

O Palmeiras venceu a segunda partida, no Pacaembu, por 3 a 1, com dois gols de Tupãzinho e um de Rinaldo - Verón descontou para o Estudiantes - e levou a decisão da Libertadores para, como mandava o regulamento, ser disputada em estádio de país neutro. O terceiro jogo foi então no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.

A grande final da Taça Libertadores da América foi realizada no dia 16 de maio de 1968. O Estudiantes foi campeão com uma vitória de 2 a 0, gols de Ribaudo e Verón. Os palmeirenses reclamaram muito de um pênalti a seu favor, não assinalado, e do segundo gol de Verón, feito em claro impedimento.

O atacante Juan Ramón Verón, que acabou marcando gols nos três jogos, é pai do meio-campo Verón, da seleção Argentina e jogador do Internazionale de Milão. No time do Estudiantes jogava também Carlos Billardo, que viria a ser o treinador da Argentina campeã do mundo em 1986.

O atacante Tupãzinho, do Palmeiras, foi o artilheiro da Libertadores da América de 1968 com 11 gols.





02.05.1968 - Estudiantes 2 x 1 Palmeiras

Local: Estádio La Plata, La Plata (Argentina).

Árbitro: Estebán Marino (Uruguai).

Gols: Servílio aos 29, Verón aos 83, Flores aos 87.

Estudiantes: Poletti, Fucceneco, Spadaro, Madero, Malbernat, Pachamé, Carlos Bilardo, Flores, Ribaudo (Lavezzi), Conigliaro, Verón.

Palmeiras: Waldir, Geraldo Escalera, Baldochi, Osmar e Ferrari, Dudu e Ademir da Guia: Suingue, Tupãzinho, Servílio e Rinaldo. Técnico: Alfredo González.


07.05.1968 - Palmeiras 3 x 1 Estudiantes

Local: Estádio do Pacaembu - São Paulo (Brasil).

Árbitro: Domingo Massaro (Chile).

Gols: Tupãzinho aos 6, Rinaldo aos 11, Tupãzinho aos 42, Verón aos 72.

Palmeiras: Waldir, Geraldo Escalera, Baldochi, Osmar e Ferrari; Dudu e Ademir da Guia; Suingue, Servílio (China), Tupãzinho e Rinaldo. Técnico: Alfredo González.

Estudiantes: Poletti, Spadaro, Madero, Fucceneco, Pachamé, Malbernat, Carlos Bilardo, Ribaudo, Flores (Togneri), Conigliaro, Verón.


16.05.1968 - Estudiantes 2 x 0 Palmeiras

Local: Estádio Centenário, Montevidéu (Uruguai).

Árbitro: César Orozco (Peru).

Gols: Ribaudo aos 13, Verón aos 82.

Estudiantes: Poletti, Aguirre Suárez, Madero, Malbernat, Pachamé, Medina, Carlos Bilardo, Flores, Ribaudo, Conigliaro, Verón.

Palmeiras: Waldir, Escalera, Baldochi, Osmar e Ferrari, Dudu e Ademir da Guia; Suingue, Tupãzinho, Servílio (China) e Rinaldo. Técnico: Alfredo González.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 23 de Abril de 2019
Segunda, 22 de Abril de 2019
20:41
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Domingo, 21 de Abril de 2019
09:00
Santo do dia
Sábado, 20 de Abril de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)