Cassilândia, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018

Últimas Notícias

30/11/2015 15:00

Levantamento do IBGE coloca MS em 3º lugar no ranking de divórcios

Campo Grande News

Pesquisa sobre o registro civil 2014, divulgada nesta segunda-feira (30), aponta que houve um pequeno crescimento das taxas gerais de divórcios em todas as regiões do país.

Entre as que apresentaram taxas mais elevadas estão o Centro-Oeste (3,14%), seguido pelo Sudeste (2,60%) e Sul (2,55%). Entre os estados, os valores mais elevados foram detectados no Distrito Federal (3,74‰), Rondônia (3,71%) e Mato Grosso do Sul (3,63‰), seguido por Roraima (3,43%) e São Paulo (3,14%),

Já as menores taxas estão no Amapá (1,02‰), Piauí (1,31‰) e Maranhão (1,54%). Outro dado importante destacado pelo levantamento foi quanto a prevalência da hegemonia das mulheres na responsabilidade pela guarda dos filhos menores de idade a partir do divórcio.

Em 2014, a maior proporção de mulheres com a guarda dos filhos menores a partir do divórcio foi observada em Sergipe (93,0%). Mato Grosso do Sul também registrou uma das taxas mais elevadas de mulheres responsáveis pela guarda (84%).

Já as menores proporções de homens com esta responsabilidade foram registradas em Sergipe (3,1%), Ceará (4,0%), Rio de Janeiro (4,1%) e Rio Grande do Norte (4,2%) e São Paulo (4,5%).

A guarda compartilhada, prevista na Lei do Divórcio15 (Lei n. 6.515, de 26.12.1977) ainda é uma situação pouco observada no País, porém crescente, visto que a proporção de divórcios que tiveram este desfecho no que diz respeito à guarda dos filhos menores, em 2014, foi 7,5%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 24 de Maio de 2018
Quarta, 23 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Terça, 22 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)