Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/11/2015 15:00

Levantamento do IBGE coloca MS em 3º lugar no ranking de divórcios

Campo Grande News

Pesquisa sobre o registro civil 2014, divulgada nesta segunda-feira (30), aponta que houve um pequeno crescimento das taxas gerais de divórcios em todas as regiões do país.

Entre as que apresentaram taxas mais elevadas estão o Centro-Oeste (3,14%), seguido pelo Sudeste (2,60%) e Sul (2,55%). Entre os estados, os valores mais elevados foram detectados no Distrito Federal (3,74‰), Rondônia (3,71%) e Mato Grosso do Sul (3,63‰), seguido por Roraima (3,43%) e São Paulo (3,14%),

Já as menores taxas estão no Amapá (1,02‰), Piauí (1,31‰) e Maranhão (1,54%). Outro dado importante destacado pelo levantamento foi quanto a prevalência da hegemonia das mulheres na responsabilidade pela guarda dos filhos menores de idade a partir do divórcio.

Em 2014, a maior proporção de mulheres com a guarda dos filhos menores a partir do divórcio foi observada em Sergipe (93,0%). Mato Grosso do Sul também registrou uma das taxas mais elevadas de mulheres responsáveis pela guarda (84%).

Já as menores proporções de homens com esta responsabilidade foram registradas em Sergipe (3,1%), Ceará (4,0%), Rio de Janeiro (4,1%) e Rio Grande do Norte (4,2%) e São Paulo (4,5%).

A guarda compartilhada, prevista na Lei do Divórcio15 (Lei n. 6.515, de 26.12.1977) ainda é uma situação pouco observada no País, porém crescente, visto que a proporção de divórcios que tiveram este desfecho no que diz respeito à guarda dos filhos menores, em 2014, foi 7,5%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)