Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/03/2012 10:40

Leucemia corresponde a 25% dos casos de Câncer infantil

Leucemia corresponde a 25% dos casos de Câncer infantil
Publicado em: 08/03/2012

Cura da doença em crianças é de aproximadamente 80%



Uma doença que anda tirando o sono de muitos pais e familiares, a leucemia linfoblástica aguda corresponde a um quarto dos casos de câncer na infância. Esta é a doença maligna mais comum na infância. Os sintomas são provenientes da falência medular, como a anemia, a tendência para os sangramentos e as infecções decorrentes da queda da imunidade.


\\\"Leucemia corresponde a um grupo heterogêneo de doenças caracterizado por uma proliferação (crescimento) descontrolada de células provenientes da medula óssea\\\", afirma o Dr. Celso Massumoto, Doutor em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e médico hemato-oncologista do Hospital Oswaldo Cruz.


Os primeiros indícios geralmente aparecem quando a medula óssea deixa de produzir células sanguíneas normais. \\\"Os sintomas aparecem lentamente e, por isso, em uma primeira fase, a criança tem apenas febre e palidez cutânea (decorrente da anemia). Em uma fase mais tardia aparecem as manchas roxas pelo corpo desencadeadas pela queda das plaquetas\\\", completa.


Os sintomas mais frequentes em crianças, são o cansaço exacerbado, queda do rendimento escolar, anemia (palidez cutânea) e algum quadro infeccioso que demora para se resolver, seguido do aparecimento de manchas roxas pelo corpo. “O pico de incidência da leucemia linfoblástica aguda está entre os dois e nove anos de idade\\\", revela.


Alguns fatores contribuem para o aumento do número de crianças com esta doença. \\\"Existem alguns fatores que predispõe o aparecimento de leucemias agudas na infância. A Síndrome de Down, a Anemia de Fanconi, a radioatividade decorrente de exposição à radiação acidental (acidentes nucleares) são alguns deles. Existem também alguns casos de exposição ao vírus Epstein Barr, relacionadas à leucemia linfoblástica aguda tipo B\\\", afirma.


Diagnóstico e tratamento


Existem dois tipos de diagnósticos, o de suspeita e o de certeza. O primeiro é feito pelo hemograma (exame de sangue) onde é possível observar anemia, aumento do número de leucócitos e queda das plaquetas. O diagnóstico de certeza é feito pela punção da medula óssea (mielograma) onde se coleta uma amostra de um osso da bacia, onde são realizados exames complementares como a identificação exata do tipo de leucemia e um exame molecular para demonstrar se a leucemia é mais agressiva ou não e uma análise do cariótipo, que identifica os cromossomos.



Com o diagnóstico precoce, as chances para ter uma resposta positiva no final do tratamento são maiores, a cura desta patologia em crianças é de aproximadamente 80%. \\\"A mortalidade depende da agressividade da doença. Caso o diagnóstico seja tardio haverá mais dificuldades em obter uma boa resposta\\\", completa.


O tratamento da leucemia linfoblástica aguda é feito em fases e tem duração média de 18 meses. A primeira fase é a indução, a segunda consolidação, seguida da esterilização do Sistema Nervoso Central e a última é a manutenção.


Dr. Celso Massumoto, alerta no caso de aparecimento destes sintomas nas crianças. \\\"Caso a criança esteja muito indisposta, com persistência de quadro febril ela deverá ser avaliada por um Hematologista\\\", conclui.

Por Saúde em Paula On line

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)