Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/05/2005 13:50

Leite será fiscalizado em Mato Grosso do Sul

O Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) a partir do dia 31 de maio, quando termina a campanha de vacinação contra a febre aftosa em animais com até 24 meses, estará intensificando a fiscalização para garantir a qualidade do leite vendido ao consumidor em Mato Grosso do Sul. Os laticínios, que vendem leite ao natural e derivados serão fiscalizados. O objetivo é verificar se o leite é oriundo de animais vacinados contra a febre aftosa.

Segundo Antônio Éder de Stefano, inspetor regional, o Iagro está apenas esclarecendo os produtores sobre a necessidade de comprovar a vacinação e o controle sanitário do rebanho. “Este trabalho é realizado todos os anos. Os produtores já estão bem conscientes das exigências sanitárias. Não adianta reclamar; os laticínios não receberão o leite sem a comprovação de qualidade”, diz.

Segundo o inspetor, a fiscalização rigorosa é uma das armas utilizadas pelo Iagro na tentativa de combater a febre aftosa. “É uma doença que prejudica toda a pecuária do Estado. Então estaremos batendo pesado sobre aqueles produtores que ainda não tomaram a consciência de que o gado precisa estar com a vacinação em dia”, comenta.

As áreas incluídas na atual campanha de vacinação contra aftosa, que vão do Planalto ao Pantanal, compreendem os municípios de Aquidauana, Campo Grande, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas.

De acordo com Antônio Stefano, os quatro estabelecimentos de pasteurização instalados, em Dourados, deverão exigir dos produtores a documentação que comprova que o rebanho está vacinado e devidamente regularizado para a comercialização do leite. Ele disse também que a outra incumbência dos laticínios de leite e derivados é a obrigatoriedade de encaminhar ao escritório do Iagro a relação nominal separada por município com identificação de cada produtor que efetua entrega de leite in natura.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)