Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/04/2005 14:44

Leishmaniose precisa ser mais pesquisada e controlada

Agência Notisa

A Leishmaniose é um doença infecciosa causada por protozoários que provoca o aparecimento de feridas na pele e, em alguns casos, destrói a cartilagem do nariz e o interior da boca e da garganta. Os cães têm sido considerados importantes reservatórios no ciclo doméstico da leishmaniose e transmissores da doença ao homem. Mesmo com as medidas de controle adotadas em áreas endêmicas, como a eliminação dos animais, a incidência da doença não tem diminuído. Isso é o que mostram pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz em um estudo realizado, entre julho de 2001 e setembro de 2002, com 120 cães de Barra de Guaratiba, região endêmica para a Leishmaniose.

As amostras de sangue foram coletadas e encaminhadas para análise. De acordo com artigo publicado na edição de janeiro/fevereiro de 2005 dos Cadernos de Saúde Pública, o insucesso do controle da doença está relacionado aos critérios usados para a seleção dos cães a serem eliminados, que se baseia no diagnóstico por técnicas sorológicas. Segundo os pesquisadores “essas metodologias apresentam baixas sensibilidade e especificidade, acarretando taxas de infecções subestimadas e, conseqüentemente, permitindo a manutenção de animais infectados nas áreas endêmicas”.

A equipe constatou que a soroprevalência canina em Barra de Guaratiba após 12 meses de estudo, foi de 25,0%: “observamos que no período de 2001 a 2002 além de uma alta prevalência de cães infectados, também está ocorrendo a transmissão ativa da leishmaniose, apesar das campanhas implementadas, visto que durante o mesmo período foi detectado um caso humano e, no grupo de animais infectados, 20,0% contraíram a doença no decorrer do acompanhamento”.

Os pesquisadores observaram também que os cinco cães que foram contaminados durante o estudo levaram de dois a oito meses para contrair a doença e a maioria possuía menos de três anos de idade. Estes resultados ressaltam, segundo eles, a necessidade da execução dos inquéritos sorológicos pelo menos bimensais, que visem o diagnóstico rápido da doença. Além disso, eles verificaram que “a proximidade da mata mostrou uma correlação direta com a incidência de casos caninos, já que 100,0% dos animais que soroconverteram moravam nestes locais, como também 84,0% dos animais soropositivos”.

Dessa forma, a equipe ressalta a necessidade de se implementar medidas de controle da leishmaniose que levem em conta as diferenças microambientais de cada região e sugere que o uso de outra técnica que permita a detecção precoce dos animais infectados e também identifique dentro da população canina aqueles que possivelmente desenvolverão a doença.



Agência Notisa (jornalismo científico - science journalism)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)