Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/07/2007 07:05

Leia: Língua portuguesa, inculta e bela!

Alcides Silva

Língua portuguesa, inculta e bela
Alcides Silva
Reputação

Reputação é fama, bom nome, estima, celebridade, renome, bom crédito.
Tenho tentado mostrar palavras que na sua evolução histórica passaram a ter acepções depreciativas, má reputação, em comparação ao conceito inicial. Falei que ingênuo, primitivamente, era o filho legítimo e hoje, o cidadão que facilmente se deixa enganar.
Muitas outras – e quantas! – tiveram também evolução torpe ou desagradável, como, por exemplo, luxúria, do latim luxurìa,ae superabundância, excesso, luxo, e hoje, dissolução, libertinagem, comportamento desregrado nos prazeres carnais ou apetite sexual desmedido; orgia, para os antigos gregos era o nome do culto e das festas em honra ao deus Dionísio, e para os romanos, as celebrações do deus Baco. Como nesses festejos de antanho se comia e se bebia imoderadamente, a palavra passou a designar todos os festins ou ocasiões em que prevalece a satisfação dos apetites sexuais e das paixões exageradas.
Um bom número de outros termos, porém, ganharam boa reputação, isto é, denotações menos desagradáveis e conceitos meliorativos de significação, como por exemplo, barão, do latim baro, baronis, que primitivamente designava o estúpido, o tonto, o néscio, o homem rude (Cícero: De Finibus, 2,76). Posteriormente, o homem livre, o varão (varo, varonisbarão (ou varão) era o senhor da terra. ‘As armas e os barões assinalados’ é verso inicial do poema épico de Camões. ‘Armas’, feitos militares ‘barões assinalados’, as pessoas de destaque, os varões ilustres, os poderosos. Depois, barão passou a ser um título de nobreza – título nobiliárquico, como se diz na linguagem oficial - com que designava pessoa influente e notável pelo valor, pela posição ou pela riqueza.
Chanceler tem origem no latim cancellarìus, porteiro. Ainda hoje cancela, na linguagem rural, é a porteira. De porteiro, o termo passou a designar quem prestava serviços aos reis e aos poderosos, exercendo cargo de confiança, como o de secretário. Posteriormente, o termo foi se enobrecendo e chanceler era o funcionário dos consulados e das embaixadas. Hoje, em alguns países, como no Brasil, chanceler é o ministro das Relações Exteriores. Em outros, é o chefe do governo.
Conde (no latim comes, comitis, era o companheiro, o fâmulo de um príncipe ou de um soberano. Comitem > comite > comte> conde foi a evolução lingüística do termo. Condado era a terra dada ou designada pelo rei a um nobre, para que este ali exercesse a jurisdição civil, penal, política e militar, o jus vitae et neci, isto é, o direito sobre a vida e a morte.
E já que estamos falando em reis, condes, barões e nobreza, é bom lembrar que a palavra corte, hoje, a residência de um monarca, não nasceu com essa dignidade. Para os romanos, cors, cortis era o estábulo, o curral, a pocilga, o redil das ovelhas, o galinheiro, enfim qualquer parte do terreno da casa, ou quinta, onde eram criados os animais domésticos. Depois, significou a tropa militar, as hostes. Na Idade Média, designava o local de recreio, a casa de campo e, por último, a residência (palácio) de um soberano e, por extensão, o conjunto de pessoas que freqüenta o palácio ou que acompanha o monarca. O séqüito, o cortejo real; o grupo de casas que são erguidas ao redor do palácio; a cidade onde reside o rei ou o imperador.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)