Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

31/05/2013 12:03

Leia Amplavisão, por Manoel Afonso

Manoel Afonso
Leia Amplavisão, por Manoel Afonso

EU JÁ SABIA... A indiferença de Planalto gerou a tragédia anunciada. O cadáver do índio terena já está no cardápio político como se vê das notas da CUT, Fetems e outras entidades. Neste jogo o produtor rural fica com o estigma de bandido.
HOLOFOTES O conflito vai gerar dividendos e desgastes eleitorais em 2014 graças a mídia. Gente estranha tentará pegar carona para se promover. Oportunistas querendo ver o circo pegar fogo. É assim mesmo; o enredo do velho filme não muda.
QUESTIONO Tudo bem, que cumprir mandado judicial neste país virou piada. Mas era pública/notória a situação. Mas nenhuma entidade ou autoridade federal conclamou os terenas para sair do imóvel. Omissão e conivência pensadas!
FIM DO POÇO Que justiça é essa que libertou os responsáveis pela morte de 242 pessoas da boate de Santa Maria? Faltou respeito às famílias enlutadas e a sociedade indignada. Ora! O caso transcende os simples limites do direito.
INSISTO Não há que se discutir se os réus oferecem ou não risco ao processo e se houve ou não dolo. Primeiro, é inadmissível ( em país sério) que réus possam influir nas provas. Segundo, na conduta dos réus está configurado o dolo indireto.
CONCLUSÃO: o conceito da justiça junto aos brasileiros mortais não é péssimo por acaso. Quem de nós, não conhece casos escabrosos que nos enojam? Aliás, o mesmo critério de avaliação pela opinião pública se aplica aos políticos/partidos.
SEM TEMPO Os políticos sempre ocupados. Conta a ex-deputada Marilu Guimarães que ao visitar Flávio Derzi já no final da vida, ouviu dele a confissão de que “nunca tinha percebido a beleza das cores do por do sol da nossa capital”. Pode?
FATOS como esse Marilu conta no livro de memórias em fase final e que será lançado neste ano. Deputada estadual/vice prefeita/dois mandatos na Câmara, elogiou Lúdio e Delcídio. Hoje se dedica à fotografia e não tem projeto político. Sei não...
PERALÁ... Se Cuba forma apenas 300 médicos por ano, como teria 5 mil deles para enviar ao Brasil? Seriam meros agentes de saúde e enfermeiros com diplomas falsos, tal como aqueles que Fidel enviou à Venezuela e África. Merecemos isso?
‘FURADA’ Fala-se em fechar comarcas sob a alegação de prejuízo.. Se o critério para criá-las foi a necessidade da presença da justiça, conclui-se que essa motivação acabou ou então não foi feito estudo correto para implantação das comarcas.
E AGORA? O que fazer com os prédios construídos com nossa grana? Serão apenas novos elefantes brancos da nossa grande manada? Nos casos de Anastácio e Itaporã indago: será que a população de ambos diminuiu e os processos idem?
E MAIS... Quem acompanha o Diário da Justiça sabe: várias comarcas nem deveriam ter sido criadas. Nelas predominam ações gratuitas e de pequeno valor. O judiciário precisa rever seu planejamento orçamentário. Dinheiro não cai do céu!
É O PAÍS... A Caixa Econômica Federal torrando uma grana. Além da publicidade em horário nobre da TV. investe em times de futebol. Dar R$ 1 milhão para o ASA de Arapiraca a pedido de Collor é escancarar as portas à picaretagem.
IMPRESSIONA a generosidade praticada com o dinheiro público. Gastamos milhões em projetos absurdos sob a falsa bandeira da cultura, lazer, assistência social e prevenções diversas. Tem um bando de malandros mamando nestas tetas.
E MAIS... Dilma se posta de ‘a grande mãe’ perdoando dívidas bilionárias de países africanos governados por ditadores. Até parece que não temos problemas no transporte, saúde, segurança educação e previdência. E essa farra dura até quando?
NA FOTO Nelsinho foi à abertura da ‘Exposul’ em Chapadão com direito a discurso inclusive. Um evento forte; secretários, deputados, lideranças regionais e empresários rurais presentes. Pelo visto gostou e promete continuar na estrada.
DÚVIDAS Como o PMDB. vai separar a sucessão estadual da candidatura de Dilma? Ora! Se André elogia a presidente, o seu discurso ficaria manco, centrado mais no foco das suas realizações e na análise comparativa dos postulantes locais.
E DELCÍDIO? Claro! Deixará o discurso partidário de lado; mostrará os benefícios do Estado com sua atuação e encherá a bola de Dilma pedindo votos para a reeleição dela. A princípio uma posição aparentemente confortável sob esse prisma.
AZAMBUJA Se parceiro do PMDB, terá que repensar alguns conceitos sobre Dilma (no caso apoiada por André), sob pena de ser incoerente. Pode fazer uso da bandeira da renovação, embora possa ser visto como o continuísmo disfarçado.
NO CASO de candidatura independente, Azambuja estaria livre e mais à vontade para outro discurso. À tese da renovação, elencaria questões nacionais como gancho de apoio à candidatura tucana ao Planalto. Isso requer competência e coragem.
FRANCAMENTE... Tem lógica a pretensão de Saulo Queiroz? Aliás seu currículo marca pela diversidade partidária. Iniciou no PDS, passou pelo PFL, PSDB e agora está no PSD. Ora Bolas! Além de médicos, precisamos importar políticos?
NA TELEVISÃO O PSDB gastou muito tempo mostrando Aécio e sua gestão em Minas. Não impactou a opinião pública. Na outra ponta o DEM também peca em seus filmetes, amenizando o olhar para as grandes questões. E convencem?
“Eu quase que nada sei. Mas desconfio de muita coisa.” (Guimarães Rosa)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)