Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/03/2010 11:42

Leia Amplavisão, por Manoel Afonso

Manoel Afonso

AGRADOS & BOBAGENS Em ano eleitoral pipocam as ações dos legisladores em busca de votos e espaço na mídia. Ainda bem que o Executivo mais centrado, quando é preciso, exerce o poder de veto e acaba com a festa.

EXEMPLO: CCJ da AL deu parecer favorável ao projeto inconstitucional e eleitoreiro que prioriza jornalistas diplomados no Legislativo e Executivo. Ora! A matéria é de alçada federal e existe uma decisão do STF em vigor.

ANDRÉ quer acomodar Murilo nesta composição com os tucanos. Fala-se até na candidatura de Simone ao Senado, junto com Moka, mantendo Murilo como vice. Aí as chances de vitória de Dagoberto seriam mínimas.

OS TUCANOS estão mais íntimos de André. As cobranças e falas irônicas cessaram e o clima entre ambos ficou ameno. O governador decide as composições em cima de pesquisas, segundo se comenta nos bastidores.

CHORORÔ! A vaga de suplente de Delcídio muda mesmo de titular. O dedo de Lula em prol de Bunlai supera o poder da mídia do Antonio João. O jornalista ainda não jogou a toalha, mas sabe: todo reinado tem começo e fim.

O NOTICIÁRIO confirmando nossas previsões da briga pelo segundo voto ao senado (colado em Delcídio). Quem não quer aparecer ao lado dele? Diplomático e esperto, o senador vai administrando a disputa pela sua companhia.

ALÍVIO A ausência de Dilma na abertura da Expogrande poupou André de possíveis situações de “saia justa”. Com Paulo Bernardo o papo foi tranqüilo; apenas sobre assuntos administrativos e liberações de verbas.

O DEPUTADO Azambuja não se conforma: tudo bem que veio dinheiro do Planalto para a Expogrande! Mas isso não justificava tanta badalação da Acrissul em torno da ministra Dilma, cuja visita acabou não ocorrendo.

AZAMBUJA lembra que a ministra, aprovou as decisões do último encontro do PT, inclusive o tal PNDH-3. Várias medidas defendidas no evento atingem a classe produtora rural, aliás amplamente divulgadas na mídia.

PRECONIZA o PNDH-3: audiência pública nas reintegrações de posse; fim dos juros compensatórios nas desapropriações; atualização do índices de produtividade e o fim da criminalização dos atos dos movimentos sociais.

PERGUNTA Azambuja: ...como aplaudir quem nos prejudica? A ajuda do Planalto para a Expogrande é um grão de areia perto dos estragos que suas pretensões causarão ao produtor. Como produzir mais na atual conjuntura?






A QUESTÃO: Qual a reação da diretoria da Acrissul caso Maia saia candidato a vice de Zeca do PT? Jonathan Barbosa, por exemplo, é líder tucano e certamente não iria digerir com facilidade essa recaída do seu presidente.

SINALIZAÇÃO? Em seu discurso, perante políticos de partidos diversos, na abertura da “Expô” Maia acabou defendendo que “as questões ideológicas devem ficar do lado de fora do portão”. Convenhamos: é quase impossível.

LEMBRO: Zeca tem aversão aos produtores rurais; jamais fez segredo disso. Agora pergunta o produtor rural: como é possível que o presidente da Acrissul, ignore isso e saia de mãos dadas com o petista pedindo votos por aí?

MORDE & ASSOPRA Temendo prejuízos eleitorais para sua Dilma, Lula volta atrás e anuncia a exclusão dos itens ditatoriais (referidos acima) do malfadado PNDH-3. Como acreditar que tudo aquilo era só brincadeirinha?

IBSEN PINHEIRO O ex-anão do orçamento saiu do ostracismo com seu projeto que mudou as regras de distribuição dos royalties do Pré-Sal. Aberração que inviabiliza o Rio de Janeiro, com desdobramentos nas urnas.

LULA em cima do muro. Diz que o problema seria do Congresso e que depois das eleições pode decidir. Serra já opinou e bem! Mas e a ministra Dilma, não vai se posicionar contra ou favorável as mudanças?

DO LEITOR: “...muita cautela ao comprar o imóvel residencial...as aparências enganam...ele precisa durar, pelo menos, o período do seu financiamento...vendem gato por lebre... anote: depois é difícil sair dele...”

O PROCURADOR Mauri Ricciotti (gente boa!) defende em artigo no “Correio”, que homens públicos ou dirigentes de corporações recebam igual tratamento dos anônimos. Aí... lembrei de seu colega Zeolla, livre e aposentado.

CLARO! A prisão do Arruda é uma gotinha no oceano da corrupção e injustiças. Mas isso não muda a imagem da justiça, cujas leis são de encomenda. Rico mata, rouba, não paga pensão alimentícia e fica livre. Já o pobre...

AS VAGAS na Assembléia são poucas. Celina, Braga, Azambuja e Akira – por razões diversas não disputam a reeleição. Os demais estão atentos, querem continuar. Portanto, os novatos que se preparem para a guerra.

DIZEM que difícil mesmo é o primeiro mandato. Depois tudo fica mais fácil para o deputado, que dispõe de mecanismo para consolidar e até ampliar suas bases eleitorais.
Portanto, a renovação na AL deve ser pequena.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)