Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/12/2009 09:21

Leia Amplavisão, por Manoel Afonso

Manoel Afonso

A SUCESSÃO estadual deve sair – neste início de 2010 – dos bastidores para o palco. Se antes, André duvidava da musculatura petista, sinalizando composição inclusive, terá que agilizar algumas ações importantíssimas.

A PRIMEIRA delas será definir personagens e funções em sua chapa. Simone de vice? Nelsinho ao Senado? O que fazer com Valter e Moka no frigir dos ovos? E os velhos aliados, como ficarão nesta composição?

LEMBRETE: Pelas suas normas, o PMDB prevê que apenas poderão ser candidatos aqueles filiados que participarem das chamadas prévias. Neste caso Valter e Moka são privilegiados e poderão avocar esse direito.

PERGUNTA-SE: Caso ocorra um conflito dentro do PMDB, como será contornado? Valter vai “entregar” de graça? Seu discurso é histórico, seu currículo não deixa dúvida de sua lealdade à sigla na época das vacas magras.

MOKA Sua intimidade com as lideranças do diretório não refletem nas pesquisas, onde sofre rejeição. Razoável no interior, mas ruim na capital – onde se ganha eleição. . Sempre foi apenas candidato de esquema.

É PREVISÍVEL que Dagoberto possa ser ajudado por Delcídio na TV. Aliás, isso virou assunto obrigatório quando se discute as eleições de 2010. Se o PMDB não tiver
gente de brilho, pode dar um baita vexame.

ZECA está adorando essa indecisão do PMDB. André acabou dando-lhe o discurso que não tinha até pouco tempo. O governador acabou por promover seu antecessor, que já era tido como coisa do passado, sem volta.

A TÁTICA de Zeca é procurar agregar descontentes com a administração atual, não importa se os motivos são justos ou amorais. Quer engrossar suas fileiras, fazer barulho e cutucar o italiano. Quanto mais, melhor!

NO SAGUÃO da AL. é notório: Zeca tem procurado ex-deputados, ex-prefeitos, ex-vereadores e ex-dirigentes partidários não contemplados pelo Governo do PMDB. Para todos sinaliza alguma esperança de bônus.

FLECHADAS Zeca critica o estilo centralizador de André que teria se distanciado do povo. Compara programas sociais, obras e o relacionamento com a sociedade e lideres políticos, principalmente do nosso interior.

PEDRADA Embora sua Casa Civil tenha sido problemática, onde o pragmatismo perdeu para a teoria petista, Zeca alega que é difícil o acesso ao núcleo do governo graças ao estilo fechado de Osmar Gerônimo.




ANDRÉ não dá ouvido para assessores? Poucos teriam a coragem de contrariá-lo, mostrar outros aspectos que ele ignora ou finge não ver. Quando se centraliza uma administração acaba caindo no isolamento.

LEMBRO: Pedrossian não saiu às ruas, não deu espaço para observações de lideranças, gente comum, da fila de bancos. Ficou do alto, intocável, imaginando que nada mudara. Quando acordou...já era tarde demais.

ENQUANTO Zeca forma o exercito de descontentes, André terá que juntar aqueles contentes e beneficiados de alguma forma com sua administração. E a gente sabe que o poder, tanto eleva o prestígio como desgasta.

BUMERANGUE Acusado de irregularidades pelo MPE, Zeca vai se beneficiando das decisões da Justiça. Vai inclusive pedir indenização contra as pessoas físicas de alguns promotores de justiça, que exageram na dose.

QUESTÕES: O que fazer com o vice Murilo? A candidatura de Serra ajuda André ou atrapalha? Como o PSDB participará da coligação? Uma eventual saída de Nelsinho da prefeitura repercutirá bem ou negativamente?

AS FÉRIAS devem fazer bem ao governador. Ele está precisando. É possível que entre os afagos dos netos, faça reflexões sobre o quadro sucessório. Se conseguir entregar de volta o Governo ao PT jamais será perdoado!

PENSO EU: Governador não há que ser temido. Deve ser estimado e respeitado pela sua postura pessoal e conduta na vida pública. A decepção é proporcional a expectativa.
Pelo que fez na capital, André sabe disso. De leve...

FRANCAMENTE... Zeca combateu a oligarquia, pregou renovação e agora vem com a mágica de lançar a mulher como suplente de senador. Qual é mesmo o perfil dela? No fundo, no fundo, os políticos são todos iguais.

PICARELLI: não brinca! Tem um pique extraordinário! Parece um garotão em início de carreira. Dia 18 de janeiro estréia na TV.MS Record ganhando ainda maior musculatura no interior. Mais um mandato garantido.

NANICOS: Seus estatutos parecem irmãos siameses. Não se impressione com o trololó de seus dirigentes. No fundo, querem mesmo é garantir empregos e outras vantagens. Cá entre nós: ganham mais do que merecem!

AÉCIO NEVES Vira senador ou será o vice de Serra? Não se iludam: sua atitude no futuro poderá decidir a eleição presidencial. Mineiro é mineiro: não perde o trem. Minas tem mais influência nacional que alguns imaginam.











O Cassilandianews não se responsabiliza por artigos com autoria

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)