Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/09/2006 10:23

Leia Amplavisão, por Manoel Afonso

Manoel Afonso/TV Record

CAMPEÕES de votos na AL. 1982-Gandi: 38.120; 1986-André: 19.115; 1990-Londres
:26.355; 1994-Picarelli: 23.703; 1994-Londres: 30.957 e 2002- Nelsinho com 36.283. Após 20 anos, Gandi continua na liderança.

DETALHES: Na eleição de 1982 foram apurados 553.470 votos e em 2.002 saltou para 1.157.516 votos. Se em 2.002 tivemos apenas 65 candidatos à Assembléia, em 2.002 eram 216. Os votos foram assim pulverizados.

CONSUMMATUM EST. Os números mostram: André levará no 1º turno com folga.
Mas até aqui Delcídio não perdeu a classe. Vai fazendo seu papel, marcando presença e garantindo seu espaço para o futuro.

EM ALERTA. Divulgar os nomes dos favoritos à AL. é complicado por uma série de motivos. As pesquisam existem, orientam e também apavoram candidatos. Os “nanicos” podem surpreender alguns “figurões”.

NA CÂMARA Federal os eleitos foram na maioria da capital. Só em 1990, com Derzi,
Curvo, Zé Elias, Guerra e Takimoto, o interior foi superior. Mas dos eleitos em 1982, só Ubaldo Barém não era de Campo Grande.

FORAM deputados: Levy, Plínio, Saulo, Figueiró, Harry, Barém, Derzi,Gandi, Guerra, Sperafico,Takimoto, Marilu,Valter, Albino, Curvo,Valdomiro,Rosário, Schimidt, Ivo, Ben Hur, Cruz, Juarez, Pepê, Marçal, Marisa e André.

PERGUNTA-SE: Quantos deputados estaduais domiciliados na capital serão eleitos? Vamos superar a marca dos 10 de 2.002? Em 1982 chegou a 6; em 1986 apenas 7; em 1990 só 6; em 1994-98, foram eleitos 8.

A CAPITAL é tida como terra de ninguém nas eleições estaduais. São 483.624 eleitores, 31,60% do eleitorado do Estado. Explicado porque os candidatos do interior armam seus esquemas aqui em busca de votos.

MACHISTAS? Quantas mulheres chegarão agora à Assembléia. Boa pergunta! Marilene e Marilú (1986), Celina (1994/98/2.002), Simone (2.002) e agora Bela Barros integram esse quinteto privilegiado.

INÊS SAVOIA. Em 1968 tentou a Câmara Federal por Rio Preto e soltou milhares de mini pára-quedas com colheres de pau sobre a cidade. Nelas a frase: “Colher de pau para fazer mingau e defender sua cidade.”

A CANDIDATA defendia maior participação delas na política de uma bela cidade do Estado mais desenvolvido do país. Mas talvez pelo fato de ser rica e pilotar seu próprio helicóptero, acabou rejeitada e não foi eleita.



NA COZINHA? Marisa e Marilu foram as duas únicas deputadas federais. E pelo histórico da política guaicuru indago: até quando a colher de pau continuará sendo usada só para fazer mingau na cozinha ?

DEBOCHE? Enquanto a bronca do consumidor aumenta, vejo anúncio nos jornais sobre a premiação concedida à Enersul. Pura propaganda enganosa. Quem “premiou” não conhece a realidade local. Não vive aqui.

REFLEXÃO. Clovis Rossi conta na Folha: Após perder para Collor, Lula desabafou aos amigos: “Êta povinho bosta”! Agora o mesmo jornal traz em pesquisas o retrato do tal “povinho...” que está reelegendo Lula.

NA ESPERA. Não será por falta de trabalho dos suplentes que os vereadores Youssif, Rinaldo, Almi, Alex, Marun, Ribeiro e Marquinhos não chegarão à Assembléia. Afinal são dois anos de mandato direto do céu.

DEBATES. Sem audiência e conteúdo com esse formato engessado. No cenário local, pelas pesquisas, nem se justifica mais sua realização. Sem contar as “pérolas” dos candidatos dos partidos nanicos. É dose!

O FUJÃO. João Grandão corre contra o relógio. No saguão da Assembléia rola o papo de que estaria pronta a versão para incriminar um assessor. À exemplo de Lula, dirá que “ não sabia de nada”. Ex-arauto da moralidade?

ARI ARTUZZI. Jeitão de colono caipira foi a surpresa em 2.002. E não mudou o estilo de fazer política, apesar das ironias adversárias. Reeleito, tentaria a Prefeitura de Dourados. Antídoto contra o PT de Grandão?

MARCOLA. Ele impressionou FHC ao responder e perguntando aos deputados: “Como eu atendo o celular aqui? Vocês sabem, a corrupção. Ou vocês não praticam isso aí?” Para FHC, é uma frase devastadora.

SANTINHO. Ainda é o santo remédio para o eleitor não se perder nas extensas listas com nomes de candidatos afixadas nas cabines de votação. Como é difícil memorizar tantos números, o melhor é se prevenir.

PÉROLAS. Neto de Jânio Quadros tenta a AL. paulista. O cel. Erasmo Dias também. Agnaldo Timóteo e Ademir da Guia pedem votos para o PL. Clodovil e Maluf com chances. Um festival de folclore.

E AGORA? Depois da Argentina cobrar taxa para os brasileiros deixarem o país, é a vez a Bolívia ratificar a apropriação de bens da Petrobrás. Decididamente Lula está ruim de parceiros e amigos. E não vamos reagir?

Fafá de Belém: “O PT não pode mais sustentar a imagem de santa de bordel.”

Coluna de responsabilidade de Manoel Afonso, publicada em dezenas de jornais e sites de MS. Ele é comentarista político da TV Record

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)