Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

05/04/2007 10:02

Leia Amplavisão, por Manoel Afonso

Manoel Afonso

RETRATO De 3.300 municípios, só 95 são considerados eficientes na área tributária. E menos de 3% deles tem cuidados gerenciais para aplicar certo os tributos arrecadados.
Os dados são da Fundação Getúlio Vargas.

DEFININDO Arrecadação eficiente não é arrecadar mais. É melhorar a capacidade do sistema, impedindo que os custos sejam superiores aos benefícios. Conclusão: prefeitos se acham certos, mas estão na contramão.

RIDÍCULO o comunicado da Enersul tentando justificar o injustificável. Ora bolas! Se ela investiu no programa Luz no Campo, então que cobre do Governo Federal, e não de nós, pobres consumidores urbanos.

JERSON está certo: foi uma vitória significativa, mas é preciso dotar a Assembléia de mecanismos que fiscalizem a empresa e seus investimentos.Ora! Os portugueses da Enersul não vieram aqui fazer turismo.

VINGANÇA Já começou a temporada. Os dirigentes de partidos abandonados pelos eleitos tentando reaver as vagas. Uma dúvida: a vaga seria do partido ou da coligação.
A tendência é pela primeira hipótese.

RAUL FREIXES Conversamos na Assembléia. Interessadíssimo no caso, pois se Picareli perder o mandato, ele seria o beneficiado pela tese do mandato ser do partido. Quem não quer voltar à Assembléia?

1-LOUCURA Não há carro oficial que agüente a imperícia dos condutores. Viaturas policiais e ambulâncias são as maiores vítimas e em pouco tempo estão praticamente imprestáveis ou rumo às oficinas. .

AS CENAS são comuns na capital. Em alta velocidade esses veículos oficiais sobem em calçadas, cruzam perigosamente as esquinas como se estivessem em operação de guerra. O despreparo do pessoal é total.

RAMEZ era o governador e o soldado que dirigia a Veraneio oficial não conseguia tirá-la da garagem: não sabia engatar a marcha a ré. Ao jornalista que foi ajudá-lo justificou:
“ não tenho carta mas sei dirigir”.

A DECISÃO do Tribunal de Contas em rejeitar a contabilidade do II Festival América do Sul prova que é muito fácil gastar dinheiro público. Será que esses eventos petistas seriam prioridades para o MS. falido?

“CULTURA” Se Gilberto Gil é acusado de levar vantagem pessoal com eventos de seu ministério, imaginem então o que poderia ter ocorrido aqui. Sempre as mesmas figuras festeiras do PT organizando os eventos.





A PROPAGANDA do PT na TV. enaltece a inserção social no Governo Zeca, como ponto forte de sua administração. Em poucos segundos conta o que foi o governo da utopia, de festas, boquinhas e oba oba.

DOIS PONTOS: Após a defesa veemente do José Múcio (PTB) contra a CPI do Apagão, acredito na nova denúncia do Roberto Jefferson de que o Mensalão voltou. Lula tem a caneta e o Diário Oficial.

DELCÍDIO é vivo. Eu diria: vivíssimo. Vai ocupando o espaço na mídia e dentro do próprio PT ao admitir disputar a Prefeitura. Sobre isso o prefeito Nelsinho lembrou-me: primeiro ele precisa transferir o título.

DO LEITOR “...e assim na crise do Apagão o PT provou do próprio veneno que ele destilou na oposição...quebrou a hierarquia militar ao interferir e abre precedentes perigosos nas Forças Armadas.”

À PROPÓSITO Aftosa, buracos nas rodovias, sistema penitenciário e crise na aviação. O Governo não investe na infra-estrutura, sem visibilidade. Prefere obras suntuosas, caras e de resultados duvidosos.

EXEMPLOS: Televisão “Chapa Branca” – R$250 milhões; edifício do TSE – R$328 milhões e aumento dos deputados – R$ 26 milhões anuais. E mais: muitos projetos do PAC já existiam. É só publicidade e gogó.

SÓ PAPO A capital não suporta mais um shopping. Assim a notícia de que o Grupo Iguatemi (Tasso Jeressaiti) construiria o shopping na saída para Cuiabá seria apenas “lero” para vender lotes no Alphavile.

E AGORA? Figurinhas carimbadas do Governo Zeca em dificuldades para manter o alto padrão de vida. Afinal, celular, energia, combustível, restaurantes, roupas de grife, passagens aéreas e hotéis custam caro.

TRAVADAS Assessores parlamentares reclamam da morosidade em alguns órgãos e secretarias, como da Educação e Ibama. Tudo por conta do excesso de processos neste início de Governo. Questão de tempo.

MUITO BOM! O Tribunal de Contas acaba de implantar o sistema de consulta através da internet, possibilitando assim o acompanhamento de processos. Para o pessoal do interior, a medida poupa viagens e gastos.

AO TRABALHO Só na sessão do último dia 28, o TC apreciou 71 processos de diferente natureza e 29 deles considerados irregulares e 5 relativos à ex-administração municipal de Caarapó.

LULA: “Ministro sou eu que ponho e eu que tira”.


Manoel Afonso: comentarista da TV Record

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)