Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/11/2004 07:13

Leia a repercussão da morte de Celso Furtado

Agência Brasil

Brasília - Leia a seguir alguns depoimentos de amigos e companheiros do economista Celso Furtado, morto no sábado (20), aos 84 anos, vítima de infarto.

Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
"É com enorme pesar que venho a público manifestar minha tristeza com o falecimento de Celso Furtado. Mais que um economista, Furtado era um brasileiro que nos enchia de orgulho por seu compromisso com o Brasil, com a América Latina e com todos os países em desenvolvimento"

Chefe da Casa Civil da Presidência da República, ministro José Dirceu
"O Brasil perde um pouco de sua alma. Nós, principalmente da geração de 68, perdemos o homem que sempre nos guiou, ensinou, e para todos nós é um exemplo de vida."

Corregedor Geral da União, ministro Waldir Pires
"No século vinte ninguém pensou politicamente melhor o Brasil do que Celso Furtado"

Presidente do Senado, José Sarney
"Celso Furtado influenciou gerações e gerações com a força de suas idéias. Sempre em favor de um Brasil que tivesse resistência a fórmulas econômicas que importassem na diminuição da soberania nacional."

Membro da Coordenação Nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST), João Pedro Stédile
"Ele nos transmitia conselhos e as escolas de formação do MST fazem uso dos ensinamentos dos seus livros"

Prefeito do Rio de Janeiro, César Maia
"O século 20 no Brasil, na política e na economia, terminou em 2004: na política, com o falecimento do governador Brizola; e na economia com a morte de Celso Furtado"

Ex-presidente do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Carlos Lessa
"O Brasil perdeu um brasileiro com B maiúsculo e, ao mesmo tempo uma figura admirável, que mostra a qualidade do homem do Nordeste"

Ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos
"Celso Furtado foi um homem de pensamento e ação".

Viúva do economista, Rosa Furtado
"Apesar de um certo desconforto em relação a alguns fatos ocorridos no governo, ele (Celso Furtado) ainda tinha muita confiança no presidente Lula".

Presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Luiz Marinho
"O exemplo de vida deste economista e seu projeto de desenvolvimento para o Brasil, representado em especial pela fundação da Sudene, tem um significado histórico para nosso país, que precisa urgentemente reecontrar o caminho do desenvolvimento sustentável, base do pensamento de Celso Furtado e razão de ser de toda sua vida política e intelectual".

Jornalista e acadêmico Cícero Sandroni, ocupante da cadeira de número 6 da Academia Brasileira de Letras (ABL)
O economista Celso Furtado merecia não só o Prêmio Nobel de Economia, mas também o Prêmio Nobel da Paz"

Ex-ministro e prefeito eleito de São Paulo, José Serra
"Celso Furtado foi, sem dúvida, o economista e cientista social mais influente do Brasil contemporâneo".

Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin
"Furtado teve grande importância na formulação de políticas de justiça social e desenvolvimento econômico para o país, em especial para o nordeste brasileiro".

Ministro da Fazenda, Antonio Palocci
"Seu nome ficará para sempre na memória nacional. Celso Furtado criou legiões de admiradores e discípulos por seu trabalho intelectual e profissional"

Presidente da Câmara dos Deputados, João Paulo Cunha (PT-SP)
"O país perde um grande brasileiro e um grande economista. Celso Furtado pensava o Brasil para a maioria do seu povo e trabalhou para isso. É uma pena, morrer sem ver seu sonho realizado"

Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT)
"A morte de Furtado "deixa o Brasil mais pobre do ponto de vista intelectual, político e ético".

Senador Eduardo Suplicy
"O economista Celso Furtado foi um exemplo notável de como se dedicar ao estudo da economia para apresentar transformações".

Economista José Luiz Fiori
"Com a morte de Celso Furtado, o Brasil perde um grande pensador e um líder. Mas sobretudo perde um homem que jamais abriu mão de suas idéias, de sua coerência ética e de sua paixão pelo Brasil. Morre pouco depois de saber da demissão da presidência do BNDES de seu discípulo, o professor Carlos Lessa, atropelado pelos interesses financeiros que comandam o Brasil já faz tempo e que conseguem destruir todos os brasileiros honestos, que tentam resistir à sua onipotência. Talvez tenha sido o último gesto de protesto ou o suspiro de tristeza desse grande patriota que foi Furtado".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)