Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/01/2008 08:05

Leia a íntegra do Café com o Presidente

ABr

Brasília - Apresentador: Olá, você, em todo o Brasil. Começa agora o programa de rádio do presidente Lula. Tudo bem, presidente?

Presidente: Tudo bem, Luiz.

Apresentador: Presidente, é o nosso primeiro programa de 2008 e em nome da nossa equipe de produção desejo ao senhor e aos nossos ouvintes em todo o Brasil um ano com saúde, paz e prosperidade.

Presidente: Luiz, eu quero também dizer para você e para nossa equipe aqui que 2008 seja um ano extraordinário para todos nós, e sobretudo que o povo brasileiro viva um 2008 muito mais vigoroso do que vivemos 2007. As coisas estão preparadas para acontecer. O dinheiro do PAC foi empenhado, a iniciativa privada tem feito investimentos importantes. Lembrar apenas alguns investimentos que estão acontecendo no Brasil: muitas obras de saneamento básico, a refinaria do Nordeste lá em Pernambuco, a Transnordestina, a revitalização do Rio São Francisco com o canal para levar água para 12 milhões de nordestinos que vivem na seca, o Pólo Petroquímico do Rio de Janeiro, a Ferrovia Norte-Sul, que até junho iremos entregar mais um trecho que já ficou pronto. São alguns dos projetos importantes que vão acontecer em 2008, além do que a Caixa Econômica Federal contratou R$ 17 bilhões para financiamento de casa. O povo brasileiro está mais confiante no Brasil. O governo está tranqüilo com as coisas que estão acontecendo porque nós fizemos sacrifício no primeiro mandato para poder garantir a tranqüilidade que podemos oferecer ao povo brasileiro hoje. Nós certamente estaremos sempre muito vigilantes para que a gente não permita que haja nenhum desvio nas metas que nós já traçamos para chegar a 2010.

Apresentador: Presidente, o governo decidiu cortar gastos e mexer em dois impostos para compensar a perda com o fim da CPMF. Qual vai ser o impacto dessas mudanças na economia e na vida dos brasileiros?

Presidente: Luiz, todo o povo brasileiro sabe que no final do ano nós, apesar de termos 45 votos a favor, perdemos a CPMF. A CPMF arrecadava R$ 40 bilhões e nós vamos ter o orçamento de 2008 sem esses R$ 40 bilhões. E nós resolvemos com muita seriedade e com muita tranquilidade, primeiro, anunciar ao Brasil que nós temos que cortar na veia outra vez, ou seja, temos que cortar os gastos. Isso vale para o Poder Executivo, vale para o Poder Judiciário e vale para o Poder Legislativo. A segunda coisa que nós fizemos foi a Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL) dos bancos, aumentamos de 9% para 15%. E os banqueiros não reclamaram. E não reclamaram por quê? Porque os bancos tiveram muito lucro nesses últimos anos. Agora, os bancos estão ganhando eles vão poder pagar um pouco mais. E nós resolvemos, então, taxar o lucro líquido desse bancos. Nós aumentamos o IOF...

Apresentador: Que é o Imposto sobre Operações Financeiras.

Presidente: Imposto sobre Operações Financeiras. O que é que nós estamos prevendo? Tanto o IOF quanto a contribuição dos bancos vão nos dar por volta de R$ 10 bilhões. Mais R$ 20 bilhões que nós vamos cortar do orçamento chegamos a R$ 30 bilhões. Os outros R$ 10 bilhões nós achamos que com o crescimento economia, com mais gente pagando imposto, com modernização da receita, a gente vai poder arrecadar.

Apresentador: Você está ouvindo o Café com o Presidente, o programa de rádio do presidente Lula. Presidente, e as áreas prioritárias para o país, como educação, saúde e os programas sociais, como é que fica?

Presidente: Olha, primeiro os programas sociais serão mantidos. A segunda coisa é que a educação é condição fundamental para que o Brasil dê um salto de qualidade. Para o Brasil melhorar definitivamente e transformar-se em uma grande nação, em uma grande potência, o Brasil precisa investir muito em educação. Por isso é que nós aprovamos o Fundeb [o Fundo da Educação Básica], é por isso que nós queremos o PDE, que é um programa de desenvolvimento da educação. E é por isso que nós estamos investindo muito em escola técnica, investindo muito em universidades, investimento muito no ProUni [o Programa Universidade para Todos], investimento muito agora no Reuni [Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidade Federais], que é aumentar o número de alunos, que hoje são 12 alunos por professor nas universidades, passar para 18 para que a gente possa colocar mais jovens estudando na universidade. Eu tenho dito os números para todo mundo me cobrar em 2010. Serão 10 universidades federais novas que já estão aprovadas, têm mais três projetos no Congresso para outras três universidades, serão 48 extensões universitárias pelo interior do país inteiro e serão 214 escolas técnicas que nós vamos entregar até 2010. E mais uma coisa: o Ministério da Educação já fez convênio e já tem dinheiro para fazer contrato com as prefeituras e construir mais de 450 creches, ou seja, essa é uma contribuição que nós estamos dando para motivar os prefeitos do Brasil, os governadores, a fazer investimentos em creche. Agora, fizemos um acordo com as telefônicas e elas assumiram o compromisso de colocar, até 2010, 55 mil escolas públicas com banda larga gratuitamente. Portanto, o governo assume a responsabilidade de fazer o resto. Quando nós tivermos com todas as escolas públicas brasileiras com banda larga, com laboratório de informática, nós estaremos fazendo uma revolução silenciosa, que vai colocar o Brasil entre os países mais importantes do mundo.

Apresentador: Ok. Obrigado, presidente, e até semana que vem.

Presidente: Obrigado a você, Luiz, e até a próxima semana.

Apresentador: O Café com o Presidente volta segunda-feira. Um abraço para você em todo o Brasil e até lá.





Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)