Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/12/2006 09:41

Leia a coluna Amplavisão, por Manoel Afonso

Manoel Afonso

SERGIO ASSIS Pode tratar de fazer outro pedido para “Lula Noel”. Marcelo Miranda continuará no DENIT. É do ramo com boa atuação no órgão, amarrou apoiamentos de lideranças diversas, inclusive do PT e PMDB.

RESSURREIÇÃO? Vale surfar nas ondas de especulações do Governo André. Gente que estava em casa sonha em voltar ao poder. Em alguns eventos prestigiados por André tenho notado a presença desse pessoal.

DE VOLTA! O STF prestou um desserviço à reforma política ao acabar com a clausula de barreira. Vamos ter que aturar o pessoal dos partidos nanicos na televisão. Desse jeito não vamos a lugar algum.

INTIMIDAÇÃO? Nas repartições o aviso: “Desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela. Pena – detenção de 6 meses a 2 anos, ou multa.” E se mal atendido, reclama-se à quem? Ao bispo?

EX-DEPUTADO Armando Anache, com seu estilo bonachão, tinha algumas definições geniais. Uma delas se aplica para definir ou explicar o que ocorre atualmente aqui: “Final e início de governo são todos iguais”.

ZECA emplacou José Ricardo no TC, mas a pendenga não deve parar por aqui. De olho em 2.010, investe na Polícia Militar, através de promoções . Quer o voto do pessoal da farda e ainda insiste na 2ª. aposentadoria.

EDYL está em estado de graça e não nega! Aposentado, formou e encaminhou todos os filhos e eventualmente poderá substituir Nelsinho na Prefeitura. Ele adora essa política varejista da Câmara. Tem bossa para a coisa.

1-ANDRÉ sabe que sem dinheiro do Planalto não irá à lugar algum. Sabe mais: a decepção é exatamente proporcional a expectativa da opinião pública. Para tanto já reviu conceitos. É o dinamismo da política.

2-ANDRÉ vai enfrentar desgastes pelas medidas já anunciadas. Afinal, o povo está escaldado de pagar mais impostos. Tenho presenciado os debates na Assembléia e não vejo chances de grandes alterações no projeto.

3-ANDRÉ anunciou nomes. Alguns agradam, outros sofrem restrições como Vantuir Jacin, sob o argumento de que haveria várias opções locais. Mas sem estrutura só nome não resolverá. Mas pior que o Raulf não há!

4-ANDRÉ conseguirá aumentar o seu guarda chuva? Afinal é muita gente querendo se abrigar debaixo dele. É pedido que não acaba mais. Pouca teta para tantos mamotes. E a opinião pública não irá se calar sobre isso.


EMENDA ao orçamento da União é sinônimo de enganação. Serve para garantir apoio de prefeitos aos parlamentares. Poucas saem cheias. Daí que esse corte de 30% das emendas ao MS. está dentro dos conformes.

NA ÚLTIMA eleição prefeitos diziam ter compromisso com candidatos à reeleição por conta de emendas emplacadas para seus municípios. Mas ficaram só no papel. Imaginem o sentimento de frustração deles!

MARISA é viva; sabe o tamanho de seu espaço e não força a barra. Acertou ao dizer “que a responsabilidade pelo sucesso ou não da administração é de André, e ele tem o direito de escolher seu secretariado.”

1-ASSEMBLÉIA O nível do debate na próxima legislatura vai melhorar ou piorar? Pelo menos a chegada de quatro vereadores da capital acena para um cenário no mínimo razoável. Presume-se intimidade com o Poder.

2-ASSEMBLÉIA Conversei com o futuro deputado Marcio Fernandes e senti toda sua inexperiência na vida pública. Tem curso superior, mas nenhuma tradição política. Precisará de gente sábia para orientá-lo.

3-ASSEMBLÉIA Encenação e jogo pesado nos bastidores para eleição da mesa. Impressionante a capacidade de dissimulação dos deputados quando questionados. Atiram pra frente para acertar de lado.

4-ASSEMBLÉIA Jerson é o favorito, mas o seu processo no TRE é explorado pelos concorrentes. Maioria na casa, o PMDB vai deixar passar batido? Braga cutuca e Paulo Correia é nome forte no PL para a mesa diretora.

5-ASSEMBLÉIA Não quer digerir por inteiro o “pacote” enviado por André. A maior resistência está no aumento dos tributos das comunicações. Vai dar pano pra manga, mas no final acho que sairá um acordo.

NA MEDIDA o discurso do desembargador Claudionor saudando Pedrossian, Nildo de Carvalho, Barbeta e o padre José Marione em sessão solene. O Tribunal de Justiça mostra que tem memória e sensibilidade.

PAPAI NOEL não deve chegar a tempo com o dinheiro do 13º salário à muitas cidades do Estado. Não será culpa do tráfego aéreo e nem das rodovias. É que o interior na sua grande maioria, está empobrecido.

NA PELE Os ministros Ellen Greice e Gilmar Mendes sentiram a violência no País. Quem sabe agora eles mudem a ótica de analise. Viver encastelado, com seguranças 24 horas por dia é fácil. Não dá para sentir o drama!

RAUL SEIXAS: “TUDO QUE HAVIA PRA CHORAR, JÁ FOI CHORADO”.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)