Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/01/2006 09:30

Leia a coluna Amplavisão, por Manoel afonso

Manoel Afonso

NA BOA. O PFl não é bobo e não dá ponta sem nó. Se Serra for candidato, assume o vice Gilberto Kassab, que será prefeito por 2 anos e 9 meses . Se Alckmin sair, assume Claudio Lembo. Nada a reclamar.

E MAIS... Afif Domingos pode disputar o governo paulista em 2.006, com o respaldo do presidente pefelista da Assembléia Rodrigo Garcia. Afif também seria beneficiado com as candidatura de Serra ou de Alckmin.

CONVERSANDO com políticos no interior paulista, verifiquei uma nova possibilidade para 2.006. Se continuar bem nas pesquisas, Serra disputaria o Planalto e Alckmin tentaria o Senado. Pensando bem, a tese faz sentido.

ELEIÇÃO. Dagoberto e Marisa são os dois novos nomes mais fortes para a Câmara, por uma série de razões. Ambos tem boa estrutura na capital e interior, além de posicionamento político-partidário dos melhores.

VEJAMOS a situação de cada um deles: Biffi ficou vulnerável com a perda de cargos de proa no Governo Estadual. Conta com o apoio de Delcídio, mas dependendo do quadro sua reeleição corre sério risco.

MOKA. Joga certo: atira no PT e defende André. Além disso agregou lideranças do agronegócio. Tem cacife. Outro nome forte do PMDB é Nelson Trad. Além de luz própria, tem o filho prefeito como cabo eleitoral.

ANTONIO CRUZ. É o dono da bola de seu partido, mas pode ter se desgastado na eleição prefeitural. Enquanto isso, Murilo com bom trabalho e presença na mídia nacional praticamente pavimentou sua reeleição.

JOÃO GRANDÃO. Estreante que foi bem. Com ideologia definida tem eleitorado cativo com tendência a crescimento na Grande Dourados, onde também pontua Geraldo Rezende que rompeu com Zeca para ficar com André.

VANDER. Difícil dizer que ele repita os 101.815 votos de 2.002, mas suas ações pelo interior estão presentes em todas regiões. Será também beneficiado pela candidatura de Zeca ao Senado. Aprendeu o jogo.

ENTRAVES. O candidato pode ser bem votado, mas pode dançar devido ao quociente eleitoral. Em 2.002, Pedro Pedrossian Filho (PPB) obteve 44.842 votos, mas o eleito foi Rezende (PPS), com 39.421 votos.

DESEMPENHO dos outros seis deputados federais em 2.002: Moka – 83.785 votos; Cruz – 76.443 votos; Murilo – 68.356 votos; Trad – 59.239 votos; Grandão – 53.901 votos; Biffi – 45.840 votos.


VERTICALIZAÇÃO. Embora contrarie os interesses do PT e PSDB em nível nacional, já se admite que ela possa cair. Isso acabará – de certo modo – influindo neste ou naquele candidato. Mais um fator complicador.

LOUCURAS. Teremos assim samba do crioulo doído! O eleitor ficará sem entender as incoerências nos palanques. Adversários na eleição majoritária nacional estarão unidos nos pleitos estaduais. Ainda não vimos tudo.

MANCADA. A tese de que a Receita Federal e o TSE poderão monitorar os partidos e candidatos para evitar caixa dois, não faz sentido. Ora! O dinheiro vivo entra por fora e vai direto para terceiros, sem entrar na conta.

OUTRA BOA. O ministro Jobim sugerindo que a Polícia Federal tenha seus poderes ampliados na fiscalização eleitoral-partidária. Esquece porém que temos uma legislação específica e normas a seguir. Francamente...

NAS BANCAS o livro “1.001 Desculpas Esfarrapadas de Políticos”, de Guca Domecico, uma obra de auto-ajuda para quem sempre se auto-ajudou, inclusive com tabela de corrupção e dicas de maracutaias.

BURACOS. Só agora Lula descobre que tem “sobra” para investir nos buracos das rodovias brasileiras. Obras emergencias, que dispensam licitações para melhorar seu cacife rumo a reeleição. É o país.

PÉROLAS DO ENEM: ...são formados pelas bacias esferográficas. ...menos florestas, mais florestas arborizadas. Isso é tudo é devido aos raios ultra-violentos que recebemos
todo dia. É um problema de muita gravidez..

E MAIS: A natureza brasileira tem 500 anos e já esta quase se acabando. Já está muito dificiu de achar os pandas na Amazonia. O Euninho já provocou secas e enchentes. A aidis é transmitida pelo mosquito Aides Egipsio.

MAIS...Vamos deixar de sermos egoistas e pensarmos um pouco mais em nos mesmos. O sero humano tem uma missão. Não preserve o meio ambiente e sim todo ele. O que é de interesse coletivo de todos nem sempre interessa a ninguém individualmente.

AINDA. O cerumano no mesmo tempo que constrói, também destroi, pois nos temos que nos unir para realizarmos parcerias juntos. O grande problema do rio Amazonas é a pesca de peixes. O problema maior é a camada Diozanio.

DO LEITOR: O Brasil é o único país do mundo onde as aberrações foram incorporadas ao cotidiano . Onde já se viu “preso” fazer greve e ser atendido? Perdemos o prumo e o povo já não agüenta tanta sacanagem.





Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)