Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/01/2005 08:12

Lei que muda extintor de veículos está em vigor

Aquidauana News

Entrou em vigor no último dia 1º de janeiro a lei que estabelece que carros de passeio e utilitários fabricados no Brasil só podem sair de fábrica com extintores "ABC", capazes de apagar princípios de incêndio na parte interna dos veículos, quando as chamas atingem bancos de couro, carpetes, estofamentos e espumas, entre outros itens. Até 2004, o extintor utilizado nos carros brasileiros, do tipo "BC", era capaz de apagar apenas os incêndios no sistema elétrico ou de combustível dos veículos. Os motoristas, contudo, não precisam trocar imediatamente seus equipamentos antigos. O prazo para substituição é de cinco anos, até 2010.

Tecnicamente, os extintores usados em carros de passeio são chamados de P1- pó químico de um quilograma. Os extintores "ABC", que substituem os atuais do tipo "BC", são compostos, em sua maioria, por monofosfato de amônia, um produto químico mais eficiente no combate às chamas. Outra importante característica dos extintores veiculares, também alterada pela nova lei, é o prazo de validade, que passa de três para cinco anos. A troca do extintor deverá ser efetuada no final do período da validade. A recarga não é mais permitida. A resolução para a mudança no setor foi tomada pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito) em 2003, baseada em estudos do Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), órgão vinculado à Secretaria Estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania.

Em 2001, o Ipem-SP coletou, por doze meses, extintores de 59 oficinas de manutenção que atuavam no estado e de dois fabricantes de extintores para carro (Resil e Kidde, antiga Yanes). O objetivo do trabalho foi o de avaliar a qualidade do extintor oferecido no comércio e a qualidade das oficinas de manutenção, que são as responsáveis pela recarga e inspeções dos extintores. A conclusão do trabalho foi de que 58 oficinas de manutenção foram reprovadas nos ensaios de funcionamento dos produtos. Apenas uma oficina e os dois fabricantes passaram nos testes aplicados. No Brasil, há cerca de 16 fábricas de extintores, mas apenas três produzem extintores de um quilograma para carros. Ao trocar o extintor, o Ipem-SP recomenda ao motorista verificar o selo de conformidade. Todos os extintores devem ter o selo visível e identificado com a letra I, do InMetro. Além disso, é recomendável verificar se o lacre de inviolabilidade não foi rompido anteriormente.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)