Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/04/2013 08:01

Lei mudou, mas igreja ainda não sabe como será cerimônia de casamento gay

Elverson Cardoso, Campo Grande News
Provimento que autoriza casamento gay no Estado foi publicado na terça-feira (2). (Foto: Reprodução/Internet)Provimento que autoriza casamento gay no Estado foi publicado na terça-feira (2). (Foto: Reprodução/Internet)

 

Aprovada recentemente, a decisão judicial que autoriza o casamento gay em Mato Grosso do Sul deve movimentar cartórios mas não deve ter reflexo imediato na Igreja. A católica não tem remota possibilidade de autorizar tal celebração e nem a Anglicana de Campo Grande, a única que aceita abertamente a união de casais homossexuais no Estado, tem uma posição sobre o assunto.

Segundo o reverendo Carlos Eduardo Calvani, padre da Capela da Inclusão, a paróquia ainda não recebeu nenhum casal a procura do ritual, mas, se receber, eles serão informados de que a igreja ainda não pode realizar o casamento, apenas orações e bênçãos em reuniões familiares, o que já ocorre.

A justificativa é de que, como a decisão judicial é nova, a igreja ainda não tem um rito definido para esse tipo de cerimônia aberta ao público. A autorização e o “protocolo” a serem adotados dependem de uma reunião nacional marcada para novembro.

“É meio complicado. Ao mesmo tempo em que a igreja diz respeitar as leis do País, ela não tem, por ser algo novo, um rito próprio para o casamento homoafetivo. Isso precisa ser elaborado”, explicou.

Outro motivo que impede a realização da cerimônia religiosa na Capital é que a comunidade ainda não tem uma capela própria. As missas são realizadas na capela ecumênica do Cemitério Santo Antônio.

O reverendo afirma que a Igreja Anglicana continua a apoiar a união de casais do mesmo sexo e continua a seguir a mesma filosofia. “Estamos no aguardo, com paciência e esperança”, disse, se referindo à reunião marcada para o final do ano.

Apesar do apoio declarado, Calvani explica que o padre, assim como ocorre na Igreja Católica, pode se negar a realizar um casamento, seja de casal hétero ou homossexual.

Para saber mais sobre a Capela da Inclusão em Campo Grande, clique aqui

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)