Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

11/06/2007 07:01

Lei eleitoral pode ficar mais rígida

Agência Câmara

A Câmara Federal analisa o Projeto de Lei 196/07, que altera a lei eleitoral. A principal novidade é proibição de propaganda eleitoral na imprensa escrita. A atual legislação permite a divulgação paga até a antevéspera das eleições, estipulando limites de tamanho para os anúncios.

De autoria do deputado Sandes Júnior (PP-GO), o projeto também proíbe a divulgação de pesquisas ou testes pré-eleitorais. A medida já foi prevista na Lei 11300/06, mas foi vetada pela Ação Direta de Inconstitucionalidade 3741-2. Segundo o deputado, o projeto tem como objetivo "estabelecer procedimentos restritivos de gastos, condições de accountability e apenamento voltadas para responsabilidade em campanhas eleitorais". A divulgação dos gastos de campanhas eleitorais pela internet é a principal medida para accountability prevista no projeto. A ação, contudo, já é obrigatória pela Lei 11300/06.

Propaganda e debates
A propaganda eleitoral gratuita terá seu período de 45 dias mantido, sendo exibida do dia 1° de agosto a 15 de setembro. Entretanto, as imagens para televisão ou vídeo só poderão ser produzidas em ambientes fechados, internos, permitida a edição das mesmas. A divulgação de cada candidatura limitar-se-á ainda à apresentação do candidato, legenda partidária, número e plataforma política.

A Justiça Eleitoral reservará espaço para realização de debates durante a Propaganda Eleitoral e assegurará a participação de candidatos dos partidos com representação na Câmara. Nas eleições majoritárias, a apresentação dos debates será limita a dois eventos, enquanto nas proporcionais poderão ser realizados seis debates. As emissoras também poderão realizar debates fora do horário destinado à propaganda eleitoral.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)