Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/02/2014 07:04

le conseguiu recuperar o notebook roubado após 5 meses, graças à tecnologia

Elverson Cardoso, Campo Grande News

 

No dia 21 de novembro do ano passado, por volta das 21h30, o analista de sistema Pablo David Pagues Ernst, 36 anos, saiu de casa, no bairro Estrela do Sul, em Campo Grande, para ir até uma associação. Quando retornou, cerca de uma hora depois, percebeu que alguém havia invadido a residência e furtado sua câmera digital, seu tablet, celular e um notebook.

O caso foi comunicado à Polícia, que registrou a ocorrência e lhe desejou “boa sorte”. A esperança de recuperar os objetos, a partir daquele momento, foi praticamente embora, mas Pablo lembrou-se que havia instalado um rastreador no notebook.

Ele conseguiu ter de volta apenas o aparelho, cinco meses após o furto, mas, apesar do prejuízo com os outros itens, só isso já valeu a pena. Não foi nem pelos R$ 1,4 mil pagos pelo note que Pablo se empenhou em resgatá-lo. Foi pelos arquivos e dados pessoais arquivados no aparelho.

A experiência como analista e o faro de investigador o ajudaram nessa “missão”, mas a tecnologia, o sistema instalado no computador, foi essencial. Com ele, foi possível identificar os envolvidos por fotos, descobrir a identidade deles e, inclusive, a localização.

Essa “espionagem” levou mais tempo porque a “investigação”, com auxílio do programa, dependia, antes de tudo, de uma conexão com a internet por parte do receptador.


A investigação - Demorou até que alguém resolvesse navegar, mas, quando isso aconteceu, “choveu” relatórios para o verdadeiro dono. “No meio da tarde eu estava no meu serviço e escuto notificação de email no celular. Era um relatório. A adrenalina disparou. Mal conseguia digitar a senha, mas a alegria durou pouco. Tinha só uma foto obscura. Não dava para ver nada”, relatou, depois, em seu blog pessoal.

Era uma questão de tempo. No outro dia, novas informações. “Agora sim, a localização exata aparecia no mapa. Pontos de wifi por perto também eram listados. Tinha abundantes fotos da pessoa usando o computador”, escreveu.

Em cinco dias, cruzando dados e pesquisando, Pablo chegou à identidade dos receptadores, que moravam no bairro Guanandi. Comunicou fato à polícia, forneceu o que tinha e, depois de 24 horas, estava com o notebook de volta. “Não imaginava que podia recuper, mas sabia que tinha uma boa chance”, contou.

Nota - O sistema utilizado por Pablo não será divulgado, a pedido da Polícia, que também faz uso do mesmo rastreador. A Assessoria de imprensa do órgão informou que o notebook de Pablo estava em poder de duas pessoas, uma mulher de 43 anos e um rapaz de 21.

Aos policiciais eles relataram que compraram o aparelho por R$ 250,00. O caso foi registrado como receptação culposa no dia 8 de fevereiro deste ano.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)