Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/07/2005 07:38

Laucídio diz que redução da pauta é atendimento parcial

O presidente da Acrissul (Associação dos Criadores do Mato Grosso do Sul), Laucídio Coelho Neto, afirma que a redução da pauta e não da alíquota de ICMS (Imposto Sobre Circulação de Serviços e Mercadorias) sobre o boi e a
vaca em Mato Grosso do Sul significa atendimento parcial das reivindicações.
Ele destaca que o impacto da redução do valor de referência sobre o qual incide o imposto, de R$ 56,80 para R$ 49,00 no caso do boi gordo e de R$48,00 para R$ 42,00 no caso da vaca já é um avanço. Porém, acrescenta, o
impacto é bem menor que se alíquota fosse diminuída, a exemplo do que fez o governo do Mato Grosso, onde caiu de 12% a 3%. Essa medida possibilitou a saída de gado a preço mais competitivo para que o excedente naquele estado seja enxugado e os preços possam reagir.
"O governo reduziu a pauta em um momento oportuno de encontro com nossas reivindicações. A Acrissul e a Famasul fizeram o pedido e o secretário Dagoberto Nogueira Filho obteve êxito junto ao governo", afirma Laucídio
Coelho. Além da concorrência com o Mato Grosso, agora o Mato Grosso do Sul vai enfrentar a concorrência do Paraguai, onde os custos de produção são 50% menores. Isso porque o Mapa (Ministério da Agricultura, Abastecimento e pecuária) liberou, com restrições, a entrada de gado paraguaio para reprodução e feiras agropecuárias em Mato Grosso do Sul e carne com osso do País vizinho.
A arroba em Mato Grosso do Sul está hoje a R$ 49,00, operando com uma das maiores desvalorizações do País. São 13% de queda nos primeiros cinco meses do ano, segundo a CNA (Confederação Nacional de Agricultura), enquanto que no mesmo período o aumento de custos supera os 5%.



Via Livre Comunicação Rural

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)