Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/12/2007 10:09

Latrocínio: soldado diz que atirou sozinho em médico

Nadyenka Castro/Campo Grande News

O soldado desertor do Exército Brasileiro Marciano Ajala Ferreira, 23 anos, admitiu nesta terça-feira (11 de dezembro) ser o único que atirou no médico Leandro Pereira, morto no dia 11 de outubro deste ano na casa dele, em Campo Grande.

A primeira versão apresentada por Marciano era de que os 10 tiros que atingiram Leandro foram disparados por ele e pelo também soldado desertor Jéferson Lopes Kommers, 21 anos.

A confissão de Marciano, preso no fim de outubro, foi feita durante acareação com Jéferson, que já havia negado ter atirado no médico. Ambos confirmam que a intenção era roubar dois veículos importados de Leandro e pega-lo como refém até que os veículos fossem levados para Bolívia, onde seriam vendidos.

No entanto, Leandro reagiu ao assalto, se negando a ser algemado, e correu para a frente da casa, localizada no Jardim dos Estados, onde caiu após ser alvejado pelos tiros. A dupla fugiu com a motocicleta Suzuki, mil cilindradas, vendida na Bolívia e ainda não recuperada.

Na viagem até a Bolívia os autores contaram com a ‘ajuda’ de Luri Evangelista, preso em Corumbá no início de novembro. Ele recebeu R$ 1 mil para ser batedor, ou seja, verificar barreiras policiais na rodovia.

Jéferson foi preso no fim da semana passada no Jardim Botafogo em Campo Grande, com carro roubado. Ele tentou fugir e foi perseguido. A Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos) investiga o envolvimento da dupla em outros roubos. Sendo que Jéferson teria feita um antes de matar o médico, e dois após.

Os dois foram indiciados por latrocínio. O inquérito já foi concluído.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)