Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

08/12/2004 07:02

Lanterna: brasileiros têm pior resultado em matemática

Bruna Vieira/ABr

Brasília - Os estudantes brasileiros tiveram o pior desempenho em matemática, no Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa), realizado em 2003. O Pisa é uma pesquisa internacional promovida pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). Em uma média de 500 pontos, o Brasil fez 356, ao lado da Indonésia e Tunísia.

Na escala geral, Austrália e Finlândia ficaram acima da média. Alemanha e Irlanda, na média. Já os Estados Unidos, Itália e México ficaram, junto com o Brasil, abaixo da média. Em 2003, 250 mil alunos de 15 anos de 41 países fizeram uma prova sobre leitura, matemática e ciências, com questões subjetivas e de múltipla escolha.

A prova focou questões de matemática. No país, o Pisa foi aplicado pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), do Ministério da Educação (MEC). Foram avaliados quase 4.452 alunos de escolas públicas e privadas, das áreas urbana e rural, das cinco regiões.

Segundo o estudo, mesmo com baixo aproveitamento, o Brasil teve o maior índice de crescimento em duas áreas de matemática e manteve a média em leitura e ciências. Em ciências, o Brasil ficou em penúltimo lugar e em leitura aparece na 36° posição. De acordo com a pesquisa, há uma distorção entre idade e série no Brasil, já que existem alunos de 15 anos matriculados no ensino fundamental e no ensino médio.

Para o Presidente do INEP, Eliezer Pacheco, é preciso enfrentar o problema mostrado pelo estudo. "A situação do Brasil, em termos de ensino e aprendizagem, é muito ruim, o que nos leva a adotar medidas não convencionais, como a grande mobilização da sociedade brasileira, envolvendo secretarias municipais, estaduais e universidades, para termos uma educação de qualidade em nosso país", ressalta.

Segundo ele, em 2005, o presidente Luís Inácio Lula da Silva deve centrar esforços em educação e infra-estrutura. Dados do MEC revelam que faltam no pBrasileiros aís 200 mil professores para ensinar química, biologia, física e matemática.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)